Investimentos permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes, em Paranaguá

Papa-entulho inaugurado na QNP 28, no P Sul, Sétima estrutura entregue pelo governo de Brasília vai facilitar o trabalho de carroceiros
7 de julho de 2017
Sport vence o Arsenal (ARG) pela Sul-Americana
7 de julho de 2017
322
Compartilhe

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes. Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA

07/07/2017- Paranaguá- De diferentes cores, tamanhos e bandeiras, os navios de carga que chegam ao Porto de Paranaguá impressionam pela diversidade de produtos que carregam e pela capacidade de armazenamento. Investimentos de R$ 624 milhões feitos desde 2001 pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) não apenas atraem mais importadores e exportadores, mas também permitem receber embarcações cada vez maiores e mais potentes.
Foto: Ivan Bueno/APPA