Jair Bolsonaro durante apresentação da carta credencial de Embaixadores