Jair Bolsonaro em audiência com YaoWei, CEO Huawei do Brasil.