Jardinagem auxilia na recuperação de mulheres em situação de prisão no Acre

Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil
Reajuste no preço da gasolina e do etanol geram protestos no Distrito Federal
28 de março de 2014
Foto: Everson Bressan/ SMCS (28/03/2014)
Ação de despiche realizada na Praça do Gaúcho, em Curitiba
29 de março de 2014
1222
Compartilhe
Foto: Luciano Pontes/ Secom

Foto: Luciano Pontes/ Secom (27/03/2014)

Rio Branco- AC, 29/03/2014- Mulheres em situação de prisão reclusas no Complexo Penitenciário Francisco de Oliveira Conde (FOC) encontraram uma maneira prazerosa de ocupar o tempo: no viveiro criado no local, dedicam-se diariamente à jardinagem.

Foto: Luciano Pontes/ Secom

Foto: Luciano Pontes/ Secom (27/03/2014)

Rio Branco- AC, 29/03/2014- Ao mesmo tempo, ao participar da iniciativa desfrutam o benefício da remissão de pena: a cada três dias de trabalho no viveiro de plantas, têm direito a menos um dia de reclusão.

Foto: Luciano Pontes/ Secom

Foto: Luciano Pontes/ Secom (27/03/2014)

Rio Branco- AC, 29/03/2014- Atualmente, oito mulheres em regime fechado estão sendo contempladas com a medida.

Foto: Luciano Pontes/ Secom

Foto: Luciano Pontes/ Secom (27/03/2014)

Rio Branco- AC, 29/03/2014- Para ter direito à remissão de pena, a mulher em situação prisional deve ter sido julgada e sentenciada, além de apresentar atestado de realização de trabalho.

Foto: Luciano Pontes/ Secom

Foto: Luciano Pontes/ Secom (27/03/2014)

Rio Branco- AC, 29/03/2014-  As mudas cultivadas no viveiro podem ser compradas na própria penitenciária.

Foto: Luciano Pontes/ Secom

Foto: Luciano Pontes/ Secom (27/03/2014)

Foto: Luciano Pontes/ Secom

Foto: Luciano Pontes/ Secom (27/03/2014)