Jesper Svensson e Kirsty Jahn vencem o CAIXA IRONMAN Brasil 2018

Embarque da Seleção Brasileira para Londres
27 de maio de 2018
Segunda edição da Corrida Mulher-Maravilha agitou o Centro de SP com presença de mais de 10 mil atletas
27 de maio de 2018
417
Compartilhe

Foi a primeira vitória de Jesper em um IRONMAN full. Igor Amorelli, em segundo, e Bruna Mahn, em terceiro, foram os melhores do Brasil

Alta | Web
CAIXA IRONMAN Brasil 2018 (Fábio Falconi/Unlimited Sports)
CAIXA IRONMAN Brasil 2018
(Fábio Falconi/Unlimited Sports)

Alta | Web
CAIXA IRONMAN Brasil 2018 (Fábio Falconi/Unlimited Sports)
CAIXA IRONMAN Brasil 2018
(Fábio Falconi/Unlimited Sports)

Alta | Web
CAIXA IRONMAN Brasil 2018 (Fábio Falconi/Unlimited Sports)
CAIXA IRONMAN Brasil 2018
(Fábio Falconi/Unlimited Sports)

Alta | Web
CAIXA IRONMAN Brasil 2018 (Gabriel Heusi/Unlimited Sports)
CAIXA IRONMAN Brasil 2018
(Gabriel Heusi/Unlimited Sports)

Alta | Web
CAIXA IRONMAN Brasil 2018 (Fábio Falconi/Unlimited Sports)
CAIXA IRONMAN Brasil 2018
(Fábio Falconi/Unlimited Sports)

Alta | Web
CAIXA IRONMAN Brasil 2018 (Fábio Falconi/Unlimited Sports)
CAIXA IRONMAN Brasil 2018
(Fábio Falconi/Unlimited Sports)

Florianópolis (SC), 27/05/18 – O CAIXA IRONMAN Brasil segue surpreendendo e mostra porque é uma das provas mais técnicas do calendário internacional. Depois de ter o recorde mundial estabelecido no ano passado, com o britânico Tim Don, desta vez o topo do pódio ficou com um estreante nas distâncias full. O sueco Jesper Svensson fez sua primeira prova com 3,8 km de ciclismo, 180 km de ciclismo e 42,2 km de corrida em Florianópolis e não poderia ter sido melhor, pois venceu com o tempo de 8h08min06seg, A segunda colocação ficou com o brasileiro Igor Amorelli, campeão em 2014, que marcou 8h14min29seg, enquanto o também brasileiro Thiago Vinhal foi o terceiro, com 8h19min11seg.

Entre as mulheres, a vitória também foi estrangeira. A canadense Kirsty Jahn, que havia sido vice-campeã no IRONMAN 70.3 Florianópolis, em abril, manteve o bom momento e garantiu o primeiro lugar com a marca de 8h54min57seg, seguida pela norte-americana Sarah Piampiano, com 9h03min33seg, e a brasileira Bruna Mahn, 9h10min37seg. Cada um dos vencedores levou oito mil dólares para casa e pontos no ranking para o Mundial de Kona.

CAIXA IRONMAN Brasil 2018 (Fábio Falconi/Unlimited Sports)

CAIXA IRONMAN Brasil 2018 (Fábio Falconi/Unlimited Sports)

CAIXA IRONMAN Brasil 2018 (Fábio Falconi/Unlimited Sports)

CAIXA IRONMAN Brasil 2018 (Fábio Falconi/Unlimited Sports)

CAIXA IRONMAN Brasil 2018 (Fábio Falconi/Unlimited Sports)

CAIXA IRONMAN Brasil 2018 (Fábio Falconi/Unlimited Sports)