John Kerry exige fim da violência entre israelenses e palestinos

Foto: Elza Fiúza/ Agência Brasil
Presidenta Dilma Rousseff durante encontro com Governador do Estado de Santa Catarina, Raimundo Colombo no Palácio do Planalto
22 de outubro de 2015
Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil
Bombeiros combatem incêndio em loja no centro do Rio de Janeiro
22 de outubro de 2015
255
Compartilhe
Foto: U.S. Department of State

Foto: U.S. Department of State

Foto: U.S. Department of State

Foto: U.S. Department of State

22/10/2015 – O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, exigiu hoje (22) o “fim da violência” que ocorre há mais de três semanas entre Israel e o Estado palestino. A declaração foi durante uma reunião, em Berlim, com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu. “É absolutamente crucial pôr fim a todos os incitamentos, pôr fim a toda a violência e encontrar uma via que permita, potencialmente, construir um processo mais vasto, o que não é o caso hoje em dia”, afirmou Kerry ao lado de Netanyahu e diante dos jornalistas, em uma unidade hoteleira de Berlim. O primeiro-ministro israelense, por outro lado, considerou que a “onda de ataques” é “resultado direto das provocações” do Hamas, movimento islâmico em Israel do presidente palestiniano, Mahmud Abbas, e da Autoridade Palestina. “Creio que é tempo de a comunidade internacional dizer claramente ao presidente Abbas para parar com os incitamentos contra Israel”, frisou Netanyahu. Kerry e Netanyahu não se reuniam desde fins de setembro, antes do início dos novos confrontos em Israel e nos territórios palestinos. Ambos vão ter uma reunião hoje, de várias horas, para discutir formas de conter a violência que já provocou dezenas de mortes dos dois lados.