Jorge Picciani chega à sede da Polícia Federal

Foto: NASA
Expedição 50 Spacewalks prepara estação para chegada da nave espacial comercial
29 de março de 2017
Polícia Civil deflagra operação para combater crimes ambientais no Pará
29 de março de 2017
702
Compartilhe

29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva. Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil

29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil

29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil

29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil

29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil

29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil

29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil

29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil