Jorge Picciani chega à sede da Polícia Federal

    8
    29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
    Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil
    29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
    Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil
    29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
    Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil
    29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
    Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil
    29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
    Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil
    29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
    Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil
    29/03/2017- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro(Alerj), Jorge Picciani, chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento após mandado de condução coercitiva.
    Foto:Tânia Rêgo / Agência Brasil