Jornada Anti-Imperialista pelo Meio Ambiente: Povo vivo! Floresta em pé!

Coréia do Norte – Kim Jong Un com membros das comissões partidárias nas províncias
8 de junho de 2021
Dia do Assistente Social, Vladimir Putin se reuniu com representantes de organizações sociais
8 de junho de 2021
149
Compartilhe
Jornada Anti-Imperialista pelo Meio Ambiente: Povo vivo! Floresta em pé!
Em um ano em que o desmatamento na Amazônia e a liberação de agrotóxicos são os maiores dos últimos dez anos, não houve muito o que comemorar no Dia do Meio Ambiente, no último sábado (05/6). Entretanto, diversos movimentos e organizações populares aproveitaram a data para denunciar as políticas do governo Bolsonaro contra o povo brasileiro e o meio ambiente e levantar a bandeira com o lema: “Povo Vivo! Floresta em Pé! Fora Bolsonaro!”.

Articulados pela Jornada Anti-imperialista pelo Meio Ambiente, o MST e alguns movimentos populares realizaram atos em várias regiões do país para chamar a atenção aos ataques à agricultura camponesa, aos povos indígenas, quilombolas, povos e comunidades tradicionais.

Atualmente, os povos do campo, das águas e das florestas são parte das barricadas em defesa da vida humana e da natureza. Seja na defesa dos territórios, seja compartilhando sementes, mudas nativas e alimentos saudáveis, os povos tradicionais protegem e promovem a diversidade de vidas nos diferentes biomas do Brasil e são responsáveis pela preservação de cerca de 30% da biodiversidade brasileira.