Justiça rejeita embargos pedidos por defesa de Eduardo Azeredo

Guarda Costeira turca salva refugiado sírio em barco prestes a afundar
10 de fevereiro de 2016
Foto: Lula Marques/ Agência PT
Dilma se reune com representantes do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil
10 de fevereiro de 2016
323
Compartilhe
Foto: José Cruz/ Agência Brasil

Foto: José Cruz/ Agência Brasil

10/02/2016- A juíza da 9ª Vara Criminal de Belo Horizonte, Melissa Pinheiro Costa Lage, não acolheu os embargos de declaração pedidos pela  defesa do ex-deputado Eduardo Azeredo (PSDB), condenado a 20 anos e 10 meses pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro no caso que ficou conhecido como mensalão tucano.