Laboratório público identifica novo coronavírus em 77% das amostras analisadas no Oeste do Pará

Lula recebe primeira dose da vacina contra a covid-19 em São Bernardo.
13 de março de 2021
Pelotas – Drive-thru para 2ª dose dos idosos com 85+
13 de março de 2021
93
Compartilhe
Reativado pela parceria do Governo do Estado com a Ufopa, o Laboratório de Biologia Molecular quer acelerar a identificação da doença na região
O Laboratório de Biologia Molecular (Labimol), unidade reativada pelo Governo do Pará em parceria com a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), identificou em levantamento que 77% das amostras coletadas em municípios da região Oeste são positivas para o novo coronavírus, causador da Covid-19.
Desde a reabertura, no final do último mês de fevereiro, até esta sexta-feira (12), o Laboratório de Biologia Molecular analisou 500 amostras e, deste total, 385 positivaram para Covid. O Labimol visa acelerar o atendimento aos municípios do Oeste do Estado na identificação de casos de Covid.