Laser direto para o coração da Via Láctea

Presidente da República, Michel Temer, durante reunião bilateral com o Presidente do Chile, Sebastián Piñera
24 de julho de 2018
PRESIDENTE LENÍN MORENO PARTICIPOU NA I CÚPULA MUNDIAL DE DEFICIÊNCIA EM LONDRES
24 de julho de 2018
649
Compartilhe
Direto para o coração da Via Láctea O Laser Guide Star (LGS) é lançado a partir do Telescópio Yepun de 8,2 metros do VLT e visa o centro da nossa galáxia, no coração da parte mais brilhante da Via Láctea. O raio laser faz parte do sistema óptico adaptativo do VLT. Cria uma estrela artificial a 90 km de altitude na mesosfera da Terra. Esta estrela é usada como referência para corrigir imagens e espectros para o efeito de desfocagem da atmosfera. O plano da Via Láctea é atravessado por proeminentes faixas escuras, enormes nuvens de poeira interestelar que bloqueiam a luz visível. Graças aos instrumentos infravermelhos montados no Telescópio Yepun, os astrônomos podem "ver através" e estudar o núcleo complexo e turbulento da nossa galáxia, onde um buraco negro supermassivo está à espreita. O Very Large Telescope do ESO é composto por quatro Telescópios de Unidade de 8,2 metros (UTs, onde Yepun é UT4) mais quatro Telescópios Auxiliares móveis (ATs) de 1,8 metro.  Crédito:G. Hüdepohl (atacamaphoto.com) / ESO

O coração da Via Láctea Esta imagem mostra uma série de antenas do Atacama Large Millimeter / submillimeter Array (ALMA), um conjunto de telescópios de última geração posicionado no alto dos Andes chilenos. Uma lua cheia pode ser vista acima do horizonte tingido de vermelho, brilhando intensamente acima do observatório.  Crédito :Y. Beletsky (LCO) / ESO

ENTRE NO LINK E FAÇA A SUA DO AÇÃO https://fotospublicas.com/doar/