Lixo tranca motores das casas de bombas do DEP, em Porto Alegre

Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil
Bombeiros combatem incêndio em loja no centro do Rio de Janeiro
22 de outubro de 2015
Foto: Everson Bressan/ SMCS
Chuva prejudica funcionamento de unidades da Prefeitura de Curitiba
22 de outubro de 2015
598
Compartilhe
Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

22/10/2015- Porto Alegre- RS, Brasil- O diretor-geral do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP), Tarso Boelter, fará, nesta quinta-feira (22/10), uma vistoria na casa de bombas 13, no Parque Marinha do Brasil, acompanhado do diretor-geral do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), André Carús. O objetivo é potencializar ações integradas da prefeitura para evitar o descarte irregular de lixo que possam se deslocar para as redes pluviais e, posteriormente, para as bombas das casas de bombas do DEP.

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

22/10/2015- Porto Alegre- RS, Brasil- “Nessa quarta-feira, à noite, na hora da chuva, vistoriei a casa de bombas 16, que atende a região do Tribunal de Justiça, na avenida Aureliano de Figueiredo Pinto. Foi impressionante a quantidade de lixo que vinha pelo canal até a casa de bombas. Uma parte destes resíduos trancou a hélice do motor das bombas e as mesmas desligaram automaticamente, parando de bombear as águas, o que provocou mais alagamentos naquele trecho”, destaca Tarso Boelter.

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

22/10/2015- Porto Alegre- RS, Brasil- A mesma situação, de lixo trancando a hélice do motor de bombas, também ocorreu na casa de bombas 1, que atende a região da Estação Rodoviária, provocando alagamento por parada de funcionamento das bombas por 40 minutos.

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

22/10/2015- Porto Alegre- RS, Brasil- Nos últimos dias, o DEP percorreu as 19 casas de bombas (CBs) para quantificar a quantidade de lixo trazida pelas águas das chuvas até o canal das CBs. Foi constatado que um grande volume de lixo é retirado das grades de proteção das CBs pelos operadores.

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

22/10/2015- Porto Alegre- RS, Brasil- “Se não fosse a retirada destes resíduos pelos operadores das CBs, acabaria acontecendo de estes materiais entrarem e trancarem as bombas, parando seu funcionamento, tal como ocorreu ontem nas CBs 16 e 1”, alerta o diretor do DEP.

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

22/10/2015- Porto Alegre- RS, Brasil- “Há que se compartilhar responsabilidades. O poder público tem que fazer sua parte limpando as redes pluviais; mas a população tem que colaborar, não descartando irregularmente o lixo nas ruas”, declara ainda Tarso Boelter.

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA

Foto: Ivo Gonçalves/ PMPA