Mais de 750 pessoas privadas de liberdade realizam provas do Enem no Pará

Mesa redonda discute segurança pública com foco no RJ
12 de dezembro de 2017
ESA lança quatro satélites de navegação Galileo
12 de dezembro de 2017
680
Compartilhe
Cerca de 754 detentos participaram hoje (12) do primeiro dia de provas do Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) 2017, no Pará. O exame começou as 13h pelo horário de Brasília. Em todo o Brasil, mais de 30 mil pessoas privadas de liberdade farão as provas hoje (12) e amanhã (13), em mais de mil centros de detenção do país de 577 municípios. O Centro de Recuperação do Coqueiro (CRC), em Belém, e o Centro de Recuperação Mariano Antunes (CRAMA), em Marabá, foram as unidades prisionais do Estado que tiveram o maior número de inscritos, com 51 e 75 candidatos, respectivamente. Mais de 100 presos custodiados em centrais de triagem no Pará também participaram do Enem PPL 2017. Na foto, internos da Central de Triagem Metropolitana III (CTM III). FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 12.12.2017 BELÉM – PARÁ

Cerca de 754 detentos participaram hoje (12) do primeiro dia de provas do Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) 2017, no Pará. O exame começou as 13h pelo horário de Brasília. Em todo o Brasil, mais de 30 mil pessoas privadas de liberdade farão as provas hoje (12) e amanhã (13), em mais de mil centros de detenção do país de 577 municípios. O Centro de Recuperação do Coqueiro (CRC), em Belém, e o Centro de Recuperação Mariano Antunes (CRAMA), em Marabá, foram as unidades prisionais do Estado que tiveram o maior número de inscritos, com 51 e 75 candidatos, respectivamente. Mais de 100 presos custodiados em centrais de triagem no Pará também participaram do Enem PPL 2017. Na foto, internas do Centro de Recuperação Feminino (CRF). FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 12.12.2017 BELÉM – PARÁ

Cerca de 754 detentos participaram hoje (12) do primeiro dia de provas do Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) 2017, no Pará. O exame começou as 13h pelo horário de Brasília. Em todo o Brasil, mais de 30 mil pessoas privadas de liberdade farão as provas hoje (12) e amanhã (13), em mais de mil centros de detenção do país de 577 municípios. O Centro de Recuperação do Coqueiro (CRC), em Belém, e o Centro de Recuperação Mariano Antunes (CRAMA), em Marabá, foram as unidades prisionais do Estado que tiveram o maior número de inscritos, com 51 e 75 candidatos, respectivamente. Mais de 100 presos custodiados em centrais de triagem no Pará também participaram do Enem PPL 2017. Na foto, internas do Centro de Recuperação Feminino (CRF). FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 12.12.2017 BELÉM – PARÁ

Cerca de 754 detentos participaram hoje (12) do primeiro dia de provas do Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) 2017, no Pará. O exame começou as 13h pelo horário de Brasília. Em todo o Brasil, mais de 30 mil pessoas privadas de liberdade farão as provas hoje (12) e amanhã (13), em mais de mil centros de detenção do país de 577 municípios. O Centro de Recuperação do Coqueiro (CRC), em Belém, e o Centro de Recuperação Mariano Antunes (CRAMA), em Marabá, foram as unidades prisionais do Estado que tiveram o maior número de inscritos, com 51 e 75 candidatos, respectivamente. Mais de 100 presos custodiados em centrais de triagem no Pará também participaram do Enem PPL 2017. Na foto, internos da Central de Triagem Metropolitana III (CTM III). FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 12.12.2017 BELÉM – PARÁ

Cerca de 754 detentos participaram hoje (12) do primeiro dia de provas do Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) 2017, no Pará. O exame começou as 13h pelo horário de Brasília. Em todo o Brasil, mais de 30 mil pessoas privadas de liberdade farão as provas hoje (12) e amanhã (13), em mais de mil centros de detenção do país de 577 municípios. O Centro de Recuperação do Coqueiro (CRC), em Belém, e o Centro de Recuperação Mariano Antunes (CRAMA), em Marabá, foram as unidades prisionais do Estado que tiveram o maior número de inscritos, com 51 e 75 candidatos, respectivamente. Mais de 100 presos custodiados em centrais de triagem no Pará também participaram do Enem PPL 2017. Na foto, internos da Central de Triagem Metropolitana III (CTM III). FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 12.12.2017 BELÉM – PARÁ

Cerca de 754 detentos participaram hoje (12) do primeiro dia de provas do Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) 2017, no Pará. O exame começou as 13h pelo horário de Brasília. Em todo o Brasil, mais de 30 mil pessoas privadas de liberdade farão as provas hoje (12) e amanhã (13), em mais de mil centros de detenção do país de 577 municípios. O Centro de Recuperação do Coqueiro (CRC), em Belém, e o Centro de Recuperação Mariano Antunes (CRAMA), em Marabá, foram as unidades prisionais do Estado que tiveram o maior número de inscritos, com 51 e 75 candidatos, respectivamente. Mais de 100 presos custodiados em centrais de triagem no Pará também participaram do Enem PPL 2017. Na foto, internos da Central de Triagem Metropolitana III (CTM III). FOTO: AKIRA ONUMA / ASCOM SUSIPE DATA: 12.12.2017 BELÉM – PARÁ