Maquete de Salvador é tombada pela Prefeitura

A Polícia Civil de Santa Catarina tem várias linhas de trabalho referentes à investigação do assalto ao Banco do Brasil
2 de dezembro de 2020
Agência do Banco do Brasil atacada pelo “novo cangaço”; apreensão de 17 armas longas e 300 quilos de explosivos
2 de dezembro de 2020
93
Compartilhe

A Maquete de Salvador, que está guardada na Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), no Vale dos Barris, enquanto aguarda um espaço definitivo para exposição, foi tombada pela Prefeitura. O valor documental da miniatura da cidade enquanto elemento descritivo de Salvador fica resguardado no decreto publicado no Diário Oficial do Município (DOM).

A maquete vem sendo ampliada e atualizada com a contribuição de arquitetos, artistas, servidores públicos e estudantes, que atuaram de forma artesanal na sua construção, se constituindo em um testemunho de época digno de nota a futuras gerações. O elemento foi concebido pelo arquiteto Assis Reis, na década de 1970. O tombamento leva em consideração o interesse comum da sociedade civil e do poder público na preservação da maquete.

Max Haack/Secom