Marinha dos EUA presta socorro nas Ilhas Virgens dos EUA após o furacão Irma

Desfile em São Paulo celebra Dia da Independência do Brasil
7 de setembro de 2017
Copa do Brasil – Flamengo e Cruzeiro empatam no primeiro jogo da final
8 de setembro de 2017
409
Compartilhe

Hospital Corpsman 2nd Class Arinze Ugbah, atribuído à Fleet Surgical Team 2 (FST-2), fornece ajuda aos evacuados como parte dos primeiros esforços de resposta às Ilhas Virgens dos EUA na sequência do furacão Irma. O DoD está apoiando a FEMA, a principal agência federal, em ajudar as pessoas afetadas pelo furacão Irma a minimizar o sofrimento e é um componente do esforço geral de resposta de todo o governo. (Foto da Marinha dos EUA pelo Especialista em Comunicação de Massa de 3ª classe Levingston Lewis)

Hospital Corpsman 2nd Class Arinze Ugbah, atribuído à Fleet Surgical Team 2 (FST-2), fornece ajuda aos evacuados como parte dos primeiros esforços de resposta às Ilhas Virgens dos EUA na sequência do furacão Irma. O DoD está apoiando a FEMA, a principal agência federal, em ajudar as pessoas afetadas pelo furacão Irma a minimizar o sofrimento e é um componente do esforço geral de resposta de todo o governo. (Foto da Marinha dos EUA pelo Especialista em Comunicação de Massa de 3ª classe Levingston Lewis)

ILHAS VIRGENS DOS ESTADOS UNIDOS ( A tenente Mary Catherine Taylor, enfermeira da unidade de terapia intensiva designada para Fleet Surgical Team (FST) 2, apoiando o navio de assalto anfíbio USS Wasp (LHD 1), fornece ajuda aos evacuados como parte de primeiros esforços de resposta às Ilhas Virgens dos EUA na sequência do furacão Irma. O Departamento de Defesa está apoiando a Agência Federal de Gerenciamento de Emergência (FEMA), a principal agência federal, em ajudar os afetados pelo furacão Irma a minimizar o sofrimento e é um componente do esforço de resposta global de todo o governo. (EUA foto da Marinha por Especialista em Comunicação de Massa de 3ª classe Levingston Lewis)

ILHAS VIRGINAS DOS ESTADOS UNIDOS – Cmdr. Gregory Freitag, oficial encarregado da Equipe de Cirurgia da Frota (FST) 2, e Naval Aircrewman (Helicopter) 2ª Classe, John Malico, atribuído ao Helicopter Sea Combat Squadron (HSC) 22, ajudam um evacuado para um helicóptero MH-60S Sea Hawk ligado a HSC-22 como parte dos primeiros esforços de resposta às Ilhas Virgens dos EUA na sequência do furacão Irma. FST-2 e HSC-22 são embarcados a bordo do navio de assalto anfíbio USS Wasp (LHD 1). O Departamento de Defesa está apoiando a Agência Federal de Gerenciamento de Emergência (FEMA), a principal agência federal, em ajudar os afetados pelo furacão Irma a minimizar o sofrimento e é um componente do esforço de resposta global de todo o governo. (Foto da Marinha dos EUA pelo Especialista em Comunicação de Massa de 2ª Classe Nathan Wilkes)

MAR do CARIBE – Um helicóptero do mar Hawk MH-60S sai da USS Wasp (LHD 1) em rota para as Ilhas Virgens dos EUA na sequência do furacão Irma. Os helicópteros da Wasp estão realizando evacuações médicas para pacientes de cuidados intensivos de St. Thomas para St. Croix e realizando avaliação de danos em apoio ao governo local. Wasp, o primeiro navio da Marinha a chegar nas proximidades das Ilhas Virgens dos EUA, é capaz de fornecer helicópteros de elevação média e pesada para transportar pessoas e suprimentos. O DoD está apoiando a FEMA, a principal agência federal, em ajudar aqueles afetados pelo furacão Irma a minimizar o sofrimento e é um componente do esforço global de resposta de todo o governo. (U.S. Foto da Marinha por Especialista em Comunicação de Massa de 3ª Classe Sean Galbreath)

MAR CARIBE- Os marinheiros designados para o navio de assalto anfíbio USS Wasp (LHD 1) transportam um evacuado como parte dos primeiros esforços de resposta para as Ilhas Virgens dos EUA na sequência do furacão Irma. O DoD está apoiando a FEMA, a principal agência federal, em ajudar aqueles afetados pelo furacão Irma a minimizar o sofrimento e é um componente do esforço global de resposta de todo o governo. (EUA foto da Marinha por Especialista em Comunicação de Massa de 3ª classe Levingston Lewis)

Marinheiros anexados ao navio de assalto anfíbio USS Wasp (LHD 1) carregam evacuados para um helicóptero MH-60S Sea Hawk, atribuído ao Helicopter Sea Combat Squadron 22 (HSC- 22), como parte dos primeiros esforços de resposta às Ilhas Virgens dos EUA na sequência do furacão Irma. O DoD está apoiando a FEMA, a principal agência federal, em ajudar aqueles afetados pelo furacão Irma a minimizar o sofrimento e é um componente do esforço global de resposta de todo o governo. (EUA foto da Marinha por Especialista em Comunicação de Massa de 3ª classe Levingston Lewis / Lançado)

Marinheiros dentro de um helicóptero MH-60S Sea Hawk, atribuído ao Helicopter Sea Combat Squadron 22 (HSC-22), evacueiros de transporte como parte dos primeiros esforços de resposta às Ilhas Virgens dos EUA na sequência do furacão Irma. O DoD está apoiando a FEMA, a principal agência federal, em ajudar aqueles afetados pelo furacão Irma a minimizar o sofrimento e é um componente do esforço global de resposta de todo o governo. (EUA foto da Marinha por Especialista em Comunicação de Massa de 3ª classe Levingston Lewis)

CARIBE Naval Aircrewman (helicóptero) 2ª classe John Malico e Aircrewman (nado de resgate) 1ª classe Erick Sotelo, ambos atribuídos ao Helicopter Sea Combat Squadron (HSC) 22, ajudam uma mãe e filho durante a Marinha dos EUA esforços de socorro nas Ilhas Virgens dos EUA após o furacão Irma. O DoD está apoiando a FEMA, a principal agência federal, em ajudar aqueles afetados pelo furacão Irma a minimizar o sofrimento e é um componente do esforço global de resposta de todo o governo. (Foto da Marinha dos EUA pelo Especialista em Comunicação de Massa de 2ª Classe Nathan Wilkes)