Mentor da ‘Barbárie de Queimadas’ é condenado a 106 anos de prisão

Congonhas terá mais horários para voos
26 de setembro de 2014
Foto: Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro
PF prende dez homens com quase 600 quilos de maconha no Rio
26 de setembro de 2014
391
Compartilhe
Foto: Ednaldo Araújo/ Tribunal de Justiça da Paraíba

Foto: Ednaldo Araújo/ Tribunal de Justiça da Paraíba

26/09/2014- Paraíba, Após 19 horas de julgamento, Eduardo dos Santos Pereira, apontado como o mentor da ‘Barbárie de Queimados, ocorrida em 2012 no Agreste da Paraíba, foi condenado a 106 anos e quatro meses de reclusão. Eduardo foi considerado culpado por dois homicídios, formação de quadrilha, cárcere privado, corrupção de menores e porte ilegal de arma, além dos cinco estupros. Além disso, ele recebeu uma pena de 1 ano e 10 meses de detenção pelo crime de lesão corporal de um dos adolescentes envolvidos no crime, o que na prática representa 108 anos e dois meses.

Foto: Ednaldo Araújo/ Tribunal de Justiça da Paraíba

Foto: Ednaldo Araújo/ Tribunal de Justiça da Paraíba