Ministro da Saúde,Ricardo Barros, fala sobre a febre amarela no Brasil

Foto: José Cruz / Agência Brasil (18/01/2017)
Confúcio Moura, governador de Rondônia
19 de janeiro de 2017
Foto: Mattias Nutt / World Economic Forum
A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, no Fórum Econômico Mundial em Davos
19 de janeiro de 2017
302
Compartilhe

Brasília - O ministerio da Saúde,divulga a imprensa, a situação da febre amarela nas regiões afetadas pela doença (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

19/01/2017- Brasília- DF, Brasil- O ministro da Saúde, Ricardo Barros, atende a imprensa, para atualizar a situação da febre amarela nas regiões afetadas pela doença.

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil (18/01/2017)