A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado ouve o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Desabamento em Guarulhos
3 de dezembro de 2013
Foto: Elza Fiuza/Agência Brasil
Dia Nacional de Combate à Pirataria, Receita Federal destrói produtos na Rodoviária de Brasília
3 de dezembro de 2013
374
Compartilhe
Foto: Wilsom Dias/Agência Brasil

Foto: Wilsom Dias/Agência Brasil

Foto: Wilsom Dias/Agência Brasil

Foto: Wilsom Dias/Agência Brasil

Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado

Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado

Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado

Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado

Brasília- DF, 02/12/2013- Segundo senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), seu partido aponta motivação política para a investigação e discrepância entre a versão em inglês e a tradução para o português de carta atribuída ao ex-executivo da multinacional Siemens, Everton Rheinheimer, com relatos sobre suposto esquema de propina para obtenção de contratos com o governo paulista.

Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado

Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado

Brasília- DF, 02/12/2013- Senador Alvaro Dias (PSDB-PR) durante reunião com ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, sobre os procedimentos adotados na investigação da Polícia Federal a respeito do suposto esquema de propina para obtenção de contratos com governo paulista.

Foto: Wilsom Dias/Agência Brasil

Foto: Wilsom Dias/Agência Brasil

Brasília- DF, 03/12/2013- A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado ouve, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ele foi convidado a explicar procedimentos adotados na investigação da Polícia Federal sobre denúncia de formação de cartel e pagamento de propina em licitações para compra de trens por governos do PSDB em São Paulo, conhecido como “caso Siemens .

Foto: Wilsom Dias/Agência Brasil

Foto: Wilsom Dias/Agência Brasil

Foto: Wilsom Dias/Agência Brasil

Foto: Wilsom Dias/Agência Brasil

Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado

Foto: Geraldo Magela/ Agência Senado