Ministros anunciam acordo com os caminhoneiros

Feirantes fecham a EPIA Norte em frente ao CEASA em protesto de apoio à paralização dos caminhoneiros
24 de maio de 2018
Manifestantes liberam caminhões abastecidos na distribuidora de combustivel em Brasilia, apos acordo com a policia militar
25 de maio de 2018
567
Compartilhe
Os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha e da Fazenda, Eduardo Guardia, falam sobre acordo celebrado com representantes do movimento dos caminhoneiros.Valter Campanato/Agência Brasil

Os ministros dos Transportes, Valter Casimiro Silveira, da Secretaria de Governo, Carlos Marun, da Casa Civil, Eliseu Padilha e da Fazenda, Eduardo Guardia, falam sobre acordo celebrado com representantes do movimento dos caminhoneiros.Valter Campanato/Agência Brasil

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, durante coletiva sobre o acordo celebrado com representantes do movimento dos caminhoneiros.Valter Campanato/Agência Brasil

Os ministros dos Transportes, Valter Casimiro Silveira, da Secretaria de Governo, Carlos Marun, da Casa Civil, Eliseu Padilha e da Fazenda, Eduardo Guardia, falam sobre acordo celebrado com representantes do movimento dos caminhoneiros..Valter Campanato/Agência Brasil

Os ministros da Secretaria de Governo, Carlos Marun, da Casa Civil, Eliseu Padilha e da Fazenda, Eduardo Guardia, falam sobre acordo celebrado com representantes do movimento dos caminhoneiros.Valter Campanato/Agência Brasil

Os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha e da Fazenda, Eduardo Guardia, falam sobre acordo celebrado com representantes do movimento dos caminhoneiros.Valter Campanato/Agência Brasil

Os ministros da Secretaria de Governo, Carlos Marun, da Casa Civil, Eliseu Padilha e da Fazenda, Eduardo Guardia, falam sobre acordo celebrado com representantes do movimento dos caminhoneiros.Valter Campanato/Agência Brasil

Os ministros dos Transportes, Valter Casimiro Silveira, da Secretaria de Governo, Carlos Marun, da Casa Civil, Eliseu Padilha e da Fazenda, Eduardo Guardia, falam sobre acordo celebrado com representantes do movimento dos caminhoneiros.Valter Campanato/Agência Brasil