Motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo, vão realizar paralisação de 02 horas amanhã (12/05)

Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil
UFRJ suspende atividades por falta de pagamentos de funcionários terceirizados de limpeza, vigilância e manutenção
11 de maio de 2015
Foto: Raul Golinelli/ GovBA
Governador da Bahia, Rui Costa, em reunião com prefeito de Salvador, ACM Neto, sobre as fortes chuvas que castigam a capital
11 de maio de 2015
797
Compartilhe
Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas (05/11/2014)

Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas (05/11/2014)

Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas (05/11/2014)

Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas (05/11/2014)

11/05/2015- São Paulo- SP, Brasil- Motorista e cobradores de ônibus vão ficar de braços cruzados por duas horas, amanhã (12/05), no período entre 10:00 e 12:00, em terminais e pontos finais de toda a cidade. Na foto, motoristas e cobradores durante uma paralisação para pedir mais segurança, que aconteceu em novembro de 2014, no Terminal Sacomã.

Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas (05/11/2014)

Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas (05/11/2014)

11/05/2015- São Paulo- SP, Brasil- A paralisação acontece depois de mais um fracasso nas negociações de aumento salarial feitas entre funcionários e patrões.  Os funcionários pedem um reajuste salarial de 07% mais a inflação, proposta rejeitada pelo Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo urbano de Passageiros de São Paulo (SPUrbanuss), que ofereceu 7,21%.

Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas (05/11/2014)

Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas (05/11/2014)

11/05/2015- São Paulo- SP, Brasil- Além do reajuste, a categoria pede aumento do vale refeição, que atualmente é de R$ 16,50 para R$ 22,00. A SPUrbanuss oferece R$ 17,69. Na foto, passageiros em ponto de ônibus do lado de fora do Terminal Sacomã, durante a paralisação feita em novembro de 2014, onde a categoria pedia mais segurança para os trabalhadores.

Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas (05/11/2014)

Foto: Oswaldo Corneti/ Fotos Públicas (05/11/2014)

11/05/2015- São Paulo- SP, Brasil-Ainda segundo o sindicato, a paralisação também vai atingir o setor de manutenção, nas garagens das empresas, no horário das 10:00 as 13:00 horas.