Na Noruega, as duplas Ágatha/Bárbara e Juliana/Maria Elisa vão à semifinal e garantem medalha ao Brasil no Mundial de Volei de Praia

Foto: Assessoria de Imprensa da PC-AM
Polícias Civil e Militar prendem traficantes no Amazonas
12 de junho de 2015
Foto: Tania Victoria / Ministério da Cultura
Exposição “O Atleta Desconhecido”, no Museografo, México
12 de junho de 2015
592
Compartilhe
Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- O Brasil pode emplacar uma final verde e amarela e já tem ao menos uma medalha garantida no Major Series de Stavanger, terceiro grande evento do Circuito Mundial 2015. Em um dia movimentado, que contou com confrontos da repescagem, oitavas e quartas de final, Juliana e Maria Elisa e Ágatha e Bárbara Seixas venceram seus jogos e estão na semifinal da competição realizada na Noruega. Maria Clara/Carol (RJ) se despediu nas quartas, enquanto Fernanda Berti e Taiana deixaram o torneio na repescagem.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- De um lado da chave, as atuais campeãs do Circuito Mundial enfrentam as holandesas Madelein Meppelink e Marleen Van Iersel, às 8h05 (de Brasília). Antes disso, às 7h05 as vencedoras do SuperPraia 2015 buscam a vaga na finalíssima contra Laura Ludwig e Kira Walkenhorst, da Alemanha.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- Será o quarto confronto entre Juliana e a dupla da Holanda, com duas vitórias para as brasileiras. Já Ágatha e Bárbara Seixas disputam o primeiro duelo contra Ludwig e Walkenhorst. Nesta temporada do Circuito Mundial, o Brasil já conquistou um bronze, com Duda/Elize Maia, e dois ouros, com Larissa e Talita.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- Como avançaram na segunda colocação do grupo, Juliana e Maria Elisa (CE/PE) da repescagem. E começaram com o pé direito ao venceram Isabelle Forrer e Anouk Vergé-Dépré, da Suíça por 2 sets a 1 (21/14, 16/21 e 15/13), em 51 minutos de jogo. Horas mais tarde, no último confronto envolvendo times nacionais, as atuais vencedoras do circuito encararam as alemãs Karla Borger e Britta Büthe.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- Logo no início do jogo, Juliana e Maria Elisa anotaram 5/1 no placar. A vantagem foi ampliada ao longo da etapa, passando de 13/8 na altura do tempo técnico, para 21/14. Com a leitura de jogo perfeita, a parceria atropelou as adversárias no segundo set. A vibração de Juliana e Maria Elisa levantou o público na arena central e colocou a dupla no caminho das semifinais. Depois de abrir 20/9, em um belo bloqueio Juliana fechou o set em 21/9 e o jogo em 2 sets a 0.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- “Tínhamos perdido para esse time na chave, e perdemos por ter abaixado um pouco a cabeça no tie-break. Então a gente sabia que por atitude não iríamos perder. Jogamos com o coração e muita raiva. O jogo fluiu e não demos chance para elas”, disse Juliana, após o jogo.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- “Foi nossa melhor partida no ano. Essa energia do Circuito Mundial é muito boa para nós, trouxe (para a Juliana) aquela jogadora que foi três vezes campeã do mundo, e ela sabe que está aqui e impõe respeito. Mas ainda não ganhamos nada, tem que ter a cabeça no lugar. Temos um jogo duro amanhã, contra um time que tem um volume de jogo muito bom”, completou Maria Elisa após a classificação.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- Primeiras no grupo, Ágatha e Bárbara Seixas (PR/RJ) entraram direto nas oitavas de final. E mantiveram muito bem a forma no campeonato. Na primeira partida do dia, triunfo sobre as canadenses Melissa Humana-Paredes e Taylor Pischke. As brasileiras começaram bem e logo deslancharam no placar, fechando a etapa inicial em 21/16. No segundo set, as adversárias aceleraram o jogo e largaram na frente, mas aos poucos as brasileiras frearam o ímpeto das jovens canadenses e fecharam o set em 21/19, e o jogo em 2 sets a 0, em 37 minutos.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- Na fase seguinte, as brasileiras tiveram mais um duelo contra canadenses. E mais uma vitória, desta vez contra Heather Bansley e Sarah Pavan. Em um primeiro set de intensa disputa, a paranaense e a carioca levaram a melhor, com 21/19. Com um ataque contundente a parceria abriu larga vantagem na segunda etapa e sem dar margem para qualquer reação canadense, a carioca e a paranaense fecharam o último set em 21/15 e o jogo em 2 sets a 0, em 37 minutos.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- “Estamos felizes pela parceria estar no caminho certo. A gente sabe o quanto o Circuito Mundial é difícil, tem muitos times de qualidade, mas a equipe vem fazendo um bom trabalho. Espero que amanhã possamos jogar ainda melhor ao que apresentamos hoje”, projetou Bárbara Seixas.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- Fernanda Berti e Taiana (RJ/CE), por sua vez, perderam na repescagem e deram adeus ao torneio. Elas foram superadas pelas polonesas Monika Brzostek e Kinga Kolosinska por 2 sets a 1 (18/21, 21/18, 21/19), em uma hora de jogo.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- Maria Clara e Carolina (RJ) começaram o dia vencendo pelas oitavas de final as polonesas Monika Brzostek e Kinga Kolosinska, justamente as algozes de Fê Berti e Taiana (RJ/CE) na fase anterior. As irmãs cariocas superaram o time polonês de virada, em 2 sets a 1 (17/21, 21/19, 19/17), em 55 minutos. Na fase seguinte, as filhas da técnica Isabel Salgado acabaram superadas pelas alemãs Laura Ludwing e Kira Walkenhorst, por 2 sets a 0 (21/14, 22/20), em 37 minutos.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- O Major Series de Stavanger será o segundo de três na temporada do Circuito Mundial. Ele possui a mesma pontuação, formato e premiação que os Grand Slams. A cidade no litoral sul da Noruega já recebeu 14 eventos no naipe masculino e 11 no feminino.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- A corrida olímpica brasileira será definida da seguinte forma: uma dupla masculina e uma dupla feminina conquistarão a classificação para a Olimpíada de 2016 pela pontuação obtida nos nove principais eventos do Circuito Mundial 2015 (cinco Grand Slams, três Major Series e Open do Rio de Janeiro). Os times poderão descartar os dois piores resultados ao longo da temporada.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- Em 2015, o calendário do Circuito Mundial prevê cinco Grand Slams, três Major Series, dez Opens, o Campeonato Mundial e o World Tour Finals, que reunirá apenas os oito melhores times da temporada de cada gênero. Cada torneio possui pontuação e premiação distintas, mas serão distribuídos ao todo mais de 9,6 milhões de dólares.

Foto: CBV

Foto: CBV

12/06/2015- Stavanger- Noruega- Os times vencedores da etapa de Stavanger nos dois gêneros somam 800 pontos no ranking do Circuito Mundial e garantem um prêmio de 57 mil dólares. Ao todo, 400 mil dólares são distribuídos aos atletas em cada um dois gêneros. Logo após a Noruega, ocorre o Grand Slam de St Peterburg, na Flória (EUA) entre 16 e 21 de junho.

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV

Foto: CBV