Novo promotor abre acusação contra Cristina Kirchner, diz jornal

Foto: Manoel Marques/imprensa-MG
Governador Pimentel visita Santuário Nossa Senhora da Piedade
13 de fevereiro de 2015
Foto: Gabriel Lima/ Agecom
Navios trazem milhares de turistas para o Carnaval da capital baiana
13 de fevereiro de 2015
465
Compartilhe
Foto: Presidência da Argentina

Foto: Presidência da Argentina

13/02/2015- Buenos Aires- Argentina-  O promotor argentino Gerardo Pollicita, novo responsável pela investigação do atentado contra a associação mutual judaica AMIA em 1994, que deixou 85 mortos e 300 feridos, deu entrada em uma acusação contra a presidente Cristina Kirchner nesta sexta-feira (13), segundo o jornal “Clarín”. Na foto A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, anunciou nesta segunda (26) um projeto de lei que dissolverá a Secretaria de Inteligência (SI) e a substituirá por uma Agência Federal de Inteligência.

Foto: Presidência da Argentina

Foto: Presidência da Argentina