O astronauta Drew Feustel homenageia o dia da lembrança do Holocausto com uma réplica do primeiro desenho feito no espaço pelo falecido Ilan Ramon

México – Tour do Troféu da Copa do Mundo da FIFA
12 de abril de 2018
Reunião Ministerial
12 de abril de 2018
392
Compartilhe

O astronauta Drew Feustel, que atualmente vive e trabalha a bordo da Estação Espacial Internacional, levou consigo uma cópia de um desenho especial intitulado “Paisagem da Lua” que foi criado por um menino judeu tcheco chamado Petr Ginz enquanto estava encarcerado em Terezin, Tchecoslováquia, durante a Segunda Guerra Mundial. O desenho mostra como a Terra ficaria da superfície da lua. Petr era fascinado pela ficção científica e inspirado por seu autor favorito, Jules Verne, para desenhar e escrever histórias sobre um mundo distante que ele nunca visitaria. Aos 16 anos, Petr perdeu a vida em Auschwitz.

Uma réplica do desenho foi inicialmente levada ao espaço em 2003 pelo falecido astronauta israelense Ilan Ramon, cuja mãe era uma sobrevivente do Holocausto. Ramon voou a bordo do Space Shuttle Columbia e, em uma horrível tragédia, ele e seus seis companheiros de tripulação perderam a vida quando o ônibus espacial se quebrou durante a reentrada.

Feustel disse: “Ilan Ramon e eu trabalhamos juntos por um curto período de tempo antes de 2003. Fiquei emocionado quando descobri que Ilan planejava levar a ilustração de Petr Ginz ao espaço, já que tenho familiares próximos e amigos na República Tcheca. Sinto-me honrado em comemorar Petr, Ilan e todas as vítimas do Holocausto dessa maneira. ”

Cada astronauta recebe uma pequena quantidade de espaço de carga para poder trazer consigo itens de importância pessoal para sua missão no espaço. Os astronautas freqüentemente trazem fotos de entes queridos e outras lembranças. Feustel incluiu a imagem da réplica entre seus itens pessoais.

O Yad Vashem, o Centro de Memória do Holocausto Mundial, localizado em Jerusalém, apresentou a Drew Feustel o sorteio em 1º de fevereiro de 2018, a data que seria o 90º aniversário de Petr Ginz e o 15º aniversário do desastre da Columbia. O museu mantém o desenho original da “Paisagem da Lua”.

NASA