O equipamento de biometria facial, antes utilizado em apenas alguns ônibus do Distrito Federal, tornou-se obrigatório em todas as catracas da frota que atende o transporte público brasiliense

Bombeiros de São Paulo Trabalham a mais de 30 horas nos escombros do edificil que desabou no centro velho
2 de maio de 2018
Funvic/São José dos Campos vence na Elite da 68º Prova Ciclística 1º de Maio
2 de maio de 2018
482
Compartilhe

,Brasília, DF, Brasil 2/5/2018.O equipamento de biometria facial, antes utilizado em apenas alguns ônibus do Distrito Federal, tornou-se obrigatório em todas as catracas da frota que atende o transporte público brasiliense — cerca de 2,8 mil veículos. Conforme portaria publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta quarta-feira (2), as operadoras deveriam ter instalado a tecnologia até segunda-feira (30 de abril). A biometria facial faz parte do Bilhete Único, lançado em setembro do ano passado, que integra o Programa de Mobilidade Urbana do DF, o Circula Brasília.Foto: Dênio Simões/Agência Brasília.

Dênio Simões/Agência Brasília.

Dênio Simões/Agência Brasília.

Dênio Simões/Agência Brasília.

Dênio Simões/Agência Brasília.