O Ibama apreendeu três embarcações e 4,5 toneladas de pescado durante operação de combate à pesca ilegal entre as baías da Guanabara e de Sepetiba, no litoral sul do Rio de Janeiro

374

Rio de Janeiro – O Ibama apreendeu três embarcações e 4,5 toneladas de pescado durante operação de combate à pesca ilegal entre as baías da Guanabara e de Sepetiba, no litoral sul do Rio de Janeiro. O dono do barco e o responsável pela atividade ilegal foram multados em R$ 200 mil.

O pescado apreendido foi doado ao programa Mesa Brasil, do Serviço Social do Comércio (Sesc), e será distribuído a entidades de assistência social sem fins lucrativos no estado.

Com o apoio de uma lancha rápida e imagens de satélite, os agentes de fiscalização do Ibama vistoriaram mais de vinte embarcações pesqueiras no percurso entre as duas baías.

“O controle da pesca é fundamental para assegurar a sustentabilidade da atividade e da biodiversidade marinha. Foram constatadas ações predatórias como o abate de dois tubarões-martelo, animais ameaçados de extinção e protegidos pela legislação”, disse o agente ambiental Igor Brito.

O objetivo da operação é controlar a pesca industrial e artesanal na costa do Rio de Janeiro, principalmente na Baía de Sepetiba, e proteger a população de botos-cinza, afetada por um surto de virose que ameaça a espécie.

Ibama