O indígena Israel Dutra, da etnia Tuyuka, foi um dos 71 novos médicos que colaram grau na Escola Superior de Ciências da Saúde da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em Manaus.

Brasilia – Testagem da população no Estádio Mané Garrincha e no Parque da Cidade no primeiro dia de exames em massa
21 de abril de 2020
Corpos de vítimas do coronavírus são enterrados em vala comum no cemitério do Tarumã em Manaus
21 de abril de 2020
334
Compartilhe

Manaus AM 21 04 2020-Manaus (AM) – O indígena Israel Dutra, da etnia Tuyuka, foi um dos 71 novos médicos que colaram grau na manhã desta segunda-feira (20), em uma das salas da Escola Superior de Ciências da Saúde da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em Manaus. De tarde, ele deu entrada no registro profissional na sede do Conselho Regional de Medicina do Amazonas (Cremam). Às 19 horas, seguiu para seu primeiro plantão, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Campos Sales, bairro Tarumã, na zona oeste da capital, hospital de atendimento de urgência e emergência de média complexidade.foto Secom Gov AM

Secom Gov AM

Secom Gov AM