O mar de Aral, entre o Cazaquistão e o Uzbequistão, está morrendo

Foto: Presidência da Argentina (19/08/2014)
Vence nesta terça prazo para Argentina pagar nova parte da dívida
30 de setembro de 2014
Foto: Portal of Ukrainian Government
Primeiro-ministro da Ucrânia Arseniy Yatsenyuk visita centro de treinamento militar em Novi Petrivtsi
30 de setembro de 2014
768
Compartilhe
Foto: NASA

Foto: NASA

Foto: NASA

Foto: NASA

O mar de Aral, entre o Cazaquistão e o Uzbequistão, está morrendo. Na foto: 2000

Foto: NASA

Foto: NASA

Ele tinha uma área equivalente à dos estados do Rio de Janeiro e Alagoas juntos. Por séculos, foi um oásis no meio do deserto. Mas agora o mar de Aral, entre o Cazaquistão e o Uzbequistão, está morrendo. Simboliza o que poderá acontecer com os outros mananciais do planeta se o ritmo do uso irracional continuar como nos dias de hoje. Apesar do nome, o Aral é um grande lago que se tornou salgado. Antes da década de 1960, tinha 62.000 km2 de extensão. Hoje, já perdeu dois terços da sua área de superfície. Na foto: 2001

Foto: NASA

Foto: NASA

Na foto: 2002

Foto: NASA

Foto: NASA

Na foto: 2003

Foto: NASA

Foto: NASA

Na foto: 2004

Foto: NASA

Foto: NASA

Na foto: 2005

Foto: NASA

Foto: NASA

Na foto: 2006

Foto: NASA

Foto: NASA

Na foto: 2007

Foto: NASA

Foto: NASA

Na foto: 2008

Foto: NASA

Foto: NASA

Na foto: 2009

Foto: NASA

Foto: NASA

Na foto: 2010

Foto: NASA

Foto: NASA

Na foto: 2011

Foto: NASA

Foto: NASA

Na foto: 2012

Foto: NASA

Foto: NASA

Na foto: 2013

Foto: NASA

Foto: NASA

Na foto: 2014