O ministro do STF, Marco Aurélio Mello, ordenou que Eduardo Cunha dê prosseguimento ao pedido de abertura de processo de Impeachment contra Michel Temer

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
O ministro da Justiça, Eugênio Aragão, durante encontro sobre a operação de segurança no revezamento da tocha olímpica dos Jogos Rio 2016
5 de abril de 2016
Foto: Humberto Millares/ Gobierno de Cordoba
O presidente da Argentina, Mauricio Macri, chega a Cordoba, onde visitou a fábrica da Fiat Chrysler
5 de abril de 2016
1062
Compartilhe
Foto: Carlos Humberto /SCO/STF (18/02/2014)

Foto: Carlos Humberto /SCO/STF (18/02/2014)

Foto: Carlos Humberto /SCO/STF (18/02/2014)

Foto: Carlos Humberto /SCO/STF (18/02/2014)

05/04/2016 – Brasília – DF, Brasil – O ministro do STF, Marco Aurélio Mello, ordenou que Eduardo Cunha dê prosseguimento ao pedido de abertura de processo de Impeachment contra Michel Temer. O pedido havia sido arquivado pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, sem ter sido apreciado por comissão na Câmara, ato considerado ilegal pelo ministro do STF, Marco Aurélio Mello.

Foto: Carlos Humberto /SCO/STF (18/02/2014)

Foto: Carlos Humberto /SCO/STF (18/02/2014)

Foto: Elza Fiuza/Agência Brasil (25/08/15)

Foto: Elza Fiuza/Agência Brasil (25/08/15)