O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), invadiu na manhã de hoje (09/05), uma fazenda ligada ao vice-presidente Michel Temer no interior de São Paulo

Foto: André Borges/ Agência Brasília
Tecnologia e gestão por resultados a favor do campo em Brasília
9 de maio de 2016
Foto: Georgina Coupe/Crown Copyright
David Cameron fala no Museu Britânico sobre os riscos da saída do Reino Unido do Bloco Europeu
9 de maio de 2016
347
Compartilhe
Foto: MST

Foto: MST

Foto: MST

Foto: MST

09/05/2016- Duartina- SP- Brasil-  Na manhã desta segunda-feira (09), mil famílias organizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), ocuparam a fazenda Esmeralda, com sede em Duartina, interior de São Paulo, a fazenda é ligada ao vice-presidente Michel Temer (PMDB). O objetivo da ocupação é denunciar as conspirações golpistas de Temer, muitas vezes articuladas de dentro da propriedade. Coma a ação, os Sem Terra também recolocam a pauta da Reforma Agrária em todo país. A fazenda tem cerca de 1500 hectares, fica entre os municípios de Duartina, Fernão, Gália e Lucianópolis. Apesar de não constarem registros documentais em nome de Temer, é recorrente para os moradores da cidade a noção de quem é o verdadeiro dono da área. Temer é cunhado com a expressão “o homem está aí!”, sempre que chega na fazenda para participar de articulações regionais e nacionais do PMDB.