O navio pesquisa da Marinha coleta amostras no mar do Espírito Santo

Foto: Fernanda Carvalho/ Fotos Públicas
Imposto da cerveja aumenta em São Paulo
27 de novembro de 2015
Foto: Jonas Oliveira/ /ANPr (18/02/2011)
Chuva prejudica qualidade e produção de grãos mas o Paraná mantém estimativa da colheita
27 de novembro de 2015
771
Compartilhe
Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

27/11/2015- Regência- ES, Brasil- O Navio de Pesquisa Hidroceanográfico Vital de Oliveira, o principal e mais moderno da Marinha do Brasil, já está em Regência. A embarcação vai realizar pesquisas e análises para mensurar os impactos da lama de rejeitos na foz do Rio Doce e no litoral capixaba. Os equipamentos são de última geração. Em um dos laboratórios, os computadores usam um sonar para identificar a dispersão de partículas na água e até embaixo do solo do oceano. A missão, que é a mais importante desse navio até agora, conta com profissionais altamente qualificados.

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES

Foto: Fred Loureiro/ Secom-ES