O navio, que foi vinculado a 21 mortes por coronavírus e mais de 650 infecções em todo o país, foi levado para fora de Port Kembla, sul de Sydney

Cinco novos pacientes rebem alta da UTI do hospital de campanha Gilberto Novaes
22 de abril de 2020
O prefeito de NY visita a Malia Mills, uma fábrica de roupas de moda que foi reaproveitada para produzir roupas hospitalares reutilizáveis
23 de abril de 2020
168
Compartilhe

O barco, que foi vinculado a 21 mortes por coronavírus e mais de 650 infecções em todo o país, foi levado para fora de Port Kembla, sul de Sydney, às 17h de quinta-feira, com destino às Filipinas.
Cerca de 500 tripulantes permanecem a bordo depois de outros 300 desembarcarem na quinta-feira de manhã. Mais de 150 tripulantes também testaram positivo.

Enquanto o Ruby Princess partiu da Austrália, continua sendo o foco de uma comissão especial de inquérito que na quinta-feira ouviu o gerente do hotel do navio, que disse esperar que o NSW Health embarcasse para uma avaliação de saúde antes de permitir o desembarque dos passageiros.

Maritime Union Of Australia (MUA)

Maritime Union Of Australia (MUA)

Maritime Union Of Australia (MUA)

Maritime Union Of Australia (MUA)

Maritime Union Of Australia (MUA)

Maritime Union Of Australia (MUA)

Maritime Union Of Australia (MUA)

Maritime Union Of Australia (MUA)