O prefeito Bruno Covas assinou, nesta segunda-feira (3), decreto que cria a Comissão Municipal de Combate do Mercado Ilegal (CCMI)

COP 24 – Presidente, H.E. Sr. Michal Kurtyka, Secretário Executivo da UNFCCC Patricia Espinosa, Arnold Schwarzenegger e Hindou Ibrahim
3 de dezembro de 2018
-Uma noite de gala para a história do futebol brasileiro. Pela primeira vez, o Prêmio Brasileirão 2018 compartilhou o palco do auditório da sede da CBF, no Rio de Janeiro, para reverenciar os melhores jogadores do país, mulheres e homens
4 de dezembro de 2018
341
Compartilhe

São Paulo SP 03 12 2018 O prefeito Bruno Covas assinou, nesta segunda-feira (3), decreto que cria a Comissão Municipal de Combate do Mercado Ilegal (CCMI), com o objetivo de coibir o comércio irregular na cidade e impedir que comerciantes legalizados tenham seus negócios prejudicados.Após a assinatura, houve a destruição de 10 (dez) toneladas de produtos ilegítimos no Vale do Anhangabaú, na região central.“Com a criação desse Comitê podemos unir o trabalho de diversas secretarias para dar uniformidade na ação. É exatamente esse tipo de ação que a Prefeitura vem fazendo para cuidar da cidade. Só no último mês, por exemplo, dobrou a quantidade de produtos apreendidos só pela Subprefeitura da Sé. Além disso, o combate à pirataria é importantíssimo para secar uma das fontes de financiamento do crime organizado”, destacou o prefeito Bruno Covas.A CCMI é um desdobramento da Operação Comércio Ilegal, que teve início na segunda-feira (26), no quadrilátero entre o Largo da Concórdia e a Avenida Rangel Pestana. A meta da ação é coibir a presença de ambulantes irregulares e melhorar a mobilidade na cidade. São 50 Guardas Civis Metropolitanos (GCMs), além de 90 PMs da Operação Delegada, para garantir a segurança no local. Também há agentes de zeladoria que têm feito a recuperação do espaço degradado, com poda de grama, pintura de guias e postes, além de troca de sarjetas. Para a execução, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) organizou um forte esquema de intervenção no trânsito.foto Heloisa Ballarini

Heloisa Ballarini

Heloisa Ballarini

Heloisa Ballarini

Heloisa Ballarini

Equipe