O presidente Macri se encontrou com o vencedor do Prêmio Nobel da Paz Kailash Satyarthi

Chape vence o Vitória de virada e garante permanência na Série A
17 de novembro de 2017
Presidente mexicano percorre áreas atingidas pelo terremoto em setembro
17 de novembro de 2017
291
Compartilhe

O presidente Mauricio Macri realizou uma reunião com Kailash Satyarthi, ativista indígena dos direitos humanos e vencedor do Prêmio Nobel da Paz, por sua luta para erradicar o trabalho infantil e conscientizar o direito à educação para crianças.

O ministro do Trabalho, Jorge Triaca, também participou da reunião, realizada em La Rural, no bairro de Buenos Aires em Palermo; o secretário geral da presidência, Fernando de Andreis, e o secretário da Coordenação Interministerial, Mario Quintana.

Ao lado do Satyarthi estavam sua esposa e o chefe da organização Global March, Timothy Ryan.

Engenheiro Elétrico, de 63 anos, e nascido em Madhya Pradesh, na Índia, Satyarthi liderou protestos pacíficos desde 1980 e participa ativamente de campanhas internacionais de conscientização sobre a exploração infantil.

Ele é o criador da organização Global March, a maior rede de sociedade civil em defesa de crianças exploradas e, por meio de sua ONG Bachpan Bachao Andolan (Movement to Save Children), criada em 1983, alcançou a liberação de mais de 80,000 caras do sul da Ásia.

Em 2014, foi premiado com o Prêmio Nobel da Paz, juntamente com o paquistanês Malala Yousafzai, “por sua luta contra a opressão de crianças e jovens e pela defesa do seu direito à educação”.

Satyarthi foi convidada a participar da IV Conferência Mundial sobre a Erradicação Sustentada do Trabalho Infantil, que foi realizada durante três dias em La Rural sob os auspícios da Organização Internacional do Trabalho.

Foto Casa Rosada

Foto Casa Rosada