‘Operação Amazônia Viva 5’ embarga propriedade em Moju após flagrante de desmatamento

95ª Sessão Especial Remota no Senado
26 de outubro de 2020
Jilmar Tatto(PT), candidato à prefeitura de São Paulo, durante carreata em São Mateus e região
26 de outubro de 2020
161
Compartilhe

Equivalente a 1.200 campos de futebol, a área foi identificada pelos agentes, que também apreenderam 175 metros cúbicos de madeira em tora e motosserras

A quinta fase da Operação Amazônia Viva começou no dia 22 de outubro e, nesta edição, o trabalho da Força Estadual de Combate ao Desmatamento está concentrado nos municípios de Senador José Porfírio, Moju, Tailândia, Pacajá, Novo Progresso e São Félix do Xingu. A equipe é formada por 15 profissionais, entre policiais civis, militares do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), Corpo de Bombeiros Militar, servidores do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas).

Nos cinco primeiros dias de trabalho, a equipe integrada que atua na região de Moju identificou uma área equivalente a 250 campos de futebol, que foi desmatada Ilegalmente em uma fazenda na área rura

Alex Ribeiro/Ag.Pará

Alex Ribeiro/Ag.Pará

Alex Ribeiro/Ag.Pará

Alex Ribeiro/Ag.Pará

Alex Ribeiro/Ag.Pará

Alex Ribeiro/Ag.Pará

Alex Ribeiro/Ag.Pará

Alex Ribeiro/Ag.Pará