Operação realizada pelo Ibama em conjunto com a Força Nacional para coibir o desmatamento ilegal em florestas nativas nas regiões centro-norte e noroeste de Mato Grosso

Procon Manaus realiza fiscalização em embarcações no Porto de Manaus
27 de junho de 2018
Torcida na Vigília Lula Livre em dia de jogo decisivo entre Brasil x Sérvia na Copa2018.
27 de junho de 2018
316
Compartilhe

Operação realizada pelo Ibama em conjunto com a Força Nacional para coibir o desmatamento ilegal em florestas nativas nas regiões centro-norte e noroeste de Mato Grosso resultou até o momento no embargo de 1.418 hectares em cinco municípios.

Agentes ambientais apreenderam 12 tratores, 1 pá carregadeira, 5 caminhões, 3 motos e 88 metros cúbicos de madeira. Foram aplicados 11 autos de infração, que totalizam cerca de R$ 4 milhões.

Alertas do Sistema de Detecção do Desmatamento na Amazônia Legal em Tempo Real (Deter-B) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), associados à análise de imagens de satélite, permitiram às equipes de fiscalização interromper a abertura de novas áreas por corte raso.

“A apreensão dos equipamentos usados em infrações ambientais, prevista no Decreto 6.514/2008, é estratégica para impedir a continuidade do dano e descapitalizar os infratores”, disse o chefe da Unidade Técnica do Ibama em Juína (MT), Evandro Selva, que coordenou a operação. As máquinas apreendidas pela fiscalização estarão à disposição de demandas públicas de prefeituras da Amazônia.

Segundo a superintendente do Ibama em Mato Grosso, Lívia Martins, a entrada de madeira ilegal no comércio torna a concorrência desleal e compromete a viabilidade de empreendimentos de base florestal autorizados e, portanto, sustentáveis.

A operação será mantida por prazo indeterminado.

Agentes ambientais do Ibama apreendem trator usado para desmatar ilegalmente vegetação nativa da Amazônia. Foto IBAMA

CLIQUE AQUI E FAÇA A SUA DOAÇÃO https://fotospublicas.com/doar/