Os fenômenos da ciência explicados pelo Catavento Cultural, em São Paulo

18
Foto: Alexandre Carvalho/ A2img
Foto: Alexandre Carvalho/ A2img

22/01/2017- São Paulo- SP, Brasil- Quer saber como se formam as chuvas, como funciona o movimento das marés, como evoluíram as espécies, o que é gravidade ou como se formou o universo? O Museu Catavento Cultural tem as respostas para essas e outras perguntas, e explica os fenômenos naturais e os processos evolutivos de forma lúdica e compreensível.

Foto: Alexandre Carvalho/ A2img
Foto: Alexandre Carvalho/ A2img

22/01/2017- São Paulo- SP, Brasil- Localizado no Palácio das Indústrias, imóvel na área central da cidade tombado pelo patrimônio histórico, o Museu Catavento Cultural é um ótimo programa para as crianças, jovens e adultos no feriado de 25 de janeiro, Aniversário de 463 anos de São Paulo.

Foto: Alexandre Carvalho/ A2img
Foto: Alexandre Carvalho/ A2img

22/01/2017- São Paulo- SP, Brasil- Também é uma excelente dica para as férias da garotada ou para complementar o conteúdo ministrado nas escolas no período letivo. Enfim, é programa para todo o ano.

Foto: Alexandre Carvalho/ A2img
Foto: Alexandre Carvalho/ A2img

22/01/2017- São Paulo- SP, Brasil- O Catavento Cultural é dividido em quatro seções: Universo, Vida, Engenho e Sociedade. Em Universo, o visitante recebe informações sobre astronomia, experimenta viagens espaciais, conhece aspectos relacionados ao clima, à vegetação e à biodiversidade dos biomas brasileiros, entre outras curiosidades.

Foto: Alexandre Carvalho/ A2img
Foto: Alexandre Carvalho/ A2img

22/01/2017- São Paulo- SP, Brasil- O Palácio das Indústrias que abriga o Museu Catavento foi concebido para ser um centro de exposições da indústria, daí a razão de seu nome. Foi planejado por Ramos de Azevedo e inaugurado em 29 de abril de 1924. Em 1947, o prédio passou a ser a sede da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e teve o nome alterado para Palácio Nove de Julho, em homenagem ao movimento constitucionalista de 1932, em São Paulo.

Foto: Alexandre Carvalho/ A2img
Foto: Alexandre Carvalho/ A2img

22/01/2017- São Paulo- SP, Brasil- Em meados do Século 16, época da fundação de São Paulo, a área onde está localizado o agora Museu Catavento Cultural ficava sob a água, durante as cheias dos rios Tamandatueí e Anhangabaú, no período de chuvas. Denominada de Várzea do Carmo, era considerada a porta de entrada da cidade.