Os ministros do Supremo Tribunal Federal julgam o fim da contribuição sindical obrigatória

Após folga Seleção Brasileira retorna aos treinos em Sochi
29 de junho de 2018
PRECISAMOS DE VOCÊ
29 de junho de 2018
424
Compartilhe
A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, e o ministro Marco Aurélio durante sessão plenária.Foto José Cruz/Agência Brasil

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, e os ministros Marco Aurélio e Gilmar Mendes durante sessão plenária. Foto José Cruz/Agência Brasil

Os ministros do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Roberto Barroso, durante sessão plenária extraordinária, para a retomada do julgamento da ação direta de inconstitucionalidade (ADI 5794) que questiona o fim da contribuição sindical obrigatória.Foto José Cruz/Agência Brasil

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, durante sessão extraordinária, para a retomada do julgamento da ação direta de inconstitucionalida.Foto José Cruz/Agência Brasilde (ADI 5794) que questiona o fim da contribuição sindical obrigatória.Foto José Cruz/Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) realiza sessão extraordinária, para a retomada do julgamento da ação direta de inconstitucionalidade (ADI 5794) que questiona o fim da contribuição sindical obrigatória. Na foto, os ministros, Roberto Barroso e Alexandre de Moraes.Foto José Cruz/Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) realiza sessão extraordinária, para a retomada do julgamento da ação direta de inconstitucionalidade (ADI 5794) que questiona o fim da contribuição sindical obrigatória.Foto José Cruz/Agência Brasil

O ministro, Edson Fachin, durante, sessão extraordinária, para a retomada do julgamento da ação direta de inconstitucionalidade (ADI 5794) que questiona o fim da contribuição sindical obrigatória.Foto José Cruz/Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) realiza sessão extraordinária, para a retomada do julgamento da ação direta de inconstitucionalidade (ADI 5794) que questiona o fim da contribuição sindical obrigatória.Foto José Cruz/Agência Brasil