Ourém e Capitão Poço: pelos caminhos das águas

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará
Área de proteção ambiental ilha do Combu, no Pará
31 de julho de 2016
Foto: Bruno Cantini / Atlético MG
Campeonato Brasileiro 2916: Atlético-MG x Santa Cruz
31 de julho de 2016
3551
Compartilhe
Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

31/07/2016- Ourém- PA, Brasil- Vila do Tupinambá que abrigava o antigo porto de Ourém.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Peixe do Seu Manoel Pedro, onde 10 tanques abrigam tilápias, tambaquis, surubins, tucunarés e aracus, só pra citar alguns do diversos peixes criados para a venda. O técnico agrícola Francisco Rodrigues (foto), responsável pela manutenção do criatório, explica que o visitante também pode consumir o peixe no próprio local.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

A 19 km da sede municipal está localizado o igarapé do Toba. Rosangela Leite que, junto com o marido Raulan Ribeiro (foto), trocou a vida na cidade grande por um quintal com igarapé e animais silvestres, garante que um macaco guariba também faz morada por lá. F

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Rio Guamá, no município de Ourém.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

A vista de todos, a bendita cachoeira se constitui em uma espécie de pedral, que permite que os pescadores locais “caminhem nas águas” com desenvoltura de dar inveja e fazem a gente crer que todo mundo pode fazer tal feito com a mesma maestria do seu João Maria, que tranquilamente jogava tarrafa com a intimidade daqueles que fazem isso por toda uma vida.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Peixe do Seu Manoel Pedro (foto), onde 10 tanques abrigam tilápias, tambaquis, surubins, tucunarés e aracus, só pra citar alguns do diversos peixes criados para a venda.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

A 19 km da sede municipal está localizado o igarapé do Toba (foto).

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Com água escura e não menos gelada, o igarapé Cai N’água também tem seus encantos e atrai principalmente os moradores da região. O balneário Fazenda Igarapé da Pedras (foto) tem a infra-estrutura de um hotel fazenda que além do banho, alimentação e hospedagem, oferece passeios de cavalo e atividades aquáticas em uma estrutura totalmente planejada para dar uma experiência positiva a quem visita o lugar.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Arlindo Matos também fundou, em 2008, a Fundação Cultural de Artes Esportes Mundico e Manôla (Funcartemm), para agregar, desenvolver e difundir a cultura local e a paraense de forma geral. FOTO: CRISTINO MARTINS / AG. PARÁ DATA: 28.07.2016 OURÉM – PARÁ

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

A fábrica da Ouremmel fica bem no centro da cidade e produz cerca de 20 produtos diferentes, desde o mel puro, passando pelos fitoterápicos, até as ceras depilatórias. O proprietário da fábrica, Raimundo Santana (foto), conta que a região é propícia para a produção de mel.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

No balneário Aracú são os próprios proprietários que se encarregam da cozinha e do atendimento. Dona Maria Lúcia de Assunção e Antônio de Assunção (foto) cuidam do local onde residem e tiram o sustento há 10 anos.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Município de Ourém.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Igarapé da Tia Loura (foto), um paraíso em meio a mata, com árvores que servem de trampolim para saltos e cambalhotas em direção a água azulada e fundo branqueado pelos seixos abundantes no solo da região.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Com água escura e não menos gelada, o igarapé Cai N’água também tem seus encantos e atrai principalmente os moradores da região. O balneário Fazenda Igarapé da Pedras (foto) tem a infra-estrutura de um hotel fazenda que além do banho, alimentação e hospedagem, oferece passeios de cavalo e atividades aquáticas em uma estrutura totalmente planejada para dar uma experiência positiva a quem visita o lugar.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

A fábrica da Ouremmel fica bem no centro da cidade e produz cerca de 20 produtos diferentes, desde o mel puro, passando pelos fitoterápicos, até as ceras depilatórias.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Mas nada se compara a várias famílias compartilharem o mesmo rio no quintal. É o que acontece na Vila de Igarapé Açu (foto), localizada a 24 km da sede de Capitão Poço, cujo rio, que tem o mesmo nome da vila, permeia quase todas as casas do lugarejo onde convivem cerca de 500 famílias.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

O que pouca gente sabe é parte do município de Capitão Poço é território indígena Tembé, onde os turistas são bem vindos, desde que marquem a visita com antecedência. Mesmo com as dificuldades para adquirir matéria prima, Kuza Tembé (foto) exibe o resultado do seu trabalho e de outras mulheres da tribo. Brincos, colares, pulseiras, cocás, enfeites de braço e cabelo são produzidos com sementes, penas e miçangas.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

O igarapé Geladeira (foto), destino obrigatório pra quem passa pelo município. O lugar é realmente incrível e justifica todas as indicações que recebemos em nosso dia em Capitão Poço.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

O Parque Hotel Fazenda Cachoeira – Balneário Recanto das Lendas, aproveitou bem um cachoeira existente no local para construir um empreendimento que soma hotelaria, parque aquático e atrativos naturais. O casal Daniel Alves e Josélia Ferreira (foto), saíram da cidade de Santa Luzia do Tide, no Maranhão, para levarem os filhos Josiel e Danielle para passar uns dias no parque.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

O que pouca gente sabe é parte do município de Capitão Poço é território indígena Tembé, onde os turistas são bem vindos, desde que marquem a visita com antecedência. O cacique Piná Tembé (foto) nos esperava para apresentar a cultura do seu povo, que sobrevive mesmo com o aumento da invasão madeireira e da degradação ambiental.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

O Parque Hotel Fazenda Cachoeira – Balneário Recanto das Lendas, aproveitou bem um cachoeira existente no local para construir um empreendimento que soma hotelaria, parque aquático e atrativos naturais.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

O apicultor Márcio Andre Carlos, que os mostrou de onde sai o famoso mel da região de Capitão Poço. Com a roupa própria para a empreitada, chegamos a área onde 250 colmeias produzem cerca de 10 mil quilos de mel por ano.

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará

Foto: Cristiano Martins/ Ag.Pará