Pará é o único estado a instituir Dia D de combate à tuberculose nos presídios

Governo envia mais 10 mil doses de vacina contra febre amarela para Alenquer
25 de março de 2017
Primeira Caminhada das Guerreiras Pataxó
25 de março de 2017
424
Compartilhe

24.03.2017- Belém - Pará- Brasil- Para marcar o dia D, a Susipe realizou em 2016 um concurso entre os custodiados para eleger um mascote. O detento José Rafael Almeida da Silva, do Centro de Recuperação Regional de Abaetetuba (CRRAB) foi o ganhador. Ele utilizou o miriti para construir o boneco “anti-tuberculino” que lembra um super-herói no combate à doença. Foto: ASCOM SUSIPE

24.03.2017- Belém – Pará- Brasil- Para marcar o dia D, a Susipe realizou em 2016 um concurso entre os custodiados para eleger um mascote. O detento José Rafael Almeida da Silva, do Centro de Recuperação Regional de Abaetetuba (CRRAB) foi o ganhador. Ele utilizou o miriti para construir o boneco “anti-tuberculino” que lembra um super-herói no combate à doença.
Foto: ASCOM SUSIPE

24.03.2017- Belém – Pará- Brasil- No Brasil, a cada ano são notificados aproximadamente 70 mil novos casos de tuberculose, de acordo com o Ministério da Saúde. São mais propensas à doença as populações indígenas, moradores de rua, portadores de HIV e pessoas privadas de liberdade. Nesta sexta-feira, 24, Dia Mundial de Combate à Tuberculose, a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) realizou uma palestra com os servidores do órgão sobre a doença, além de testes rápidos de HIV.
Foto: ASCOM SUSIPE

24.03.2017- Belém – Pará- Brasil- No Brasil, a cada ano são notificados aproximadamente 70 mil novos casos de tuberculose, de acordo com o Ministério da Saúde. São mais propensas à doença as populações indígenas, moradores de rua, portadores de HIV e pessoas privadas de liberdade. Nesta sexta-feira, 24, Dia Mundial de Combate à Tuberculose, a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) realizou uma palestra com os servidores do órgão sobre a doença, além de testes rápidos de HIV.
Foto: ASCOM SUSIPE

24.03.2017- Belém – Pará- Brasil- No Brasil, a cada ano são notificados aproximadamente 70 mil novos casos de tuberculose, de acordo com o Ministério da Saúde. São mais propensas à doença as populações indígenas, moradores de rua, portadores de HIV e pessoas privadas de liberdade. Nesta sexta-feira, 24, Dia Mundial de Combate à Tuberculose, a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) realizou uma palestra com os servidores do órgão sobre a doença, além de testes rápidos de HIV.
Foto: ASCOM SUSIPE