PIB fica estagnado em 2014, com alta de 0,1%, pior resultado desde 2009

Foto: Cecilia Larrabure (26/03/2015)
Aécio Neves durante abertura do Seminário Internacional sobre a América Latina, em Lima, no Peru
27 de março de 2015
Foto: Lucas Uebel/ Grêmio FBPA
Treino do time do Grêmio, na manhã desta sexta-feira (27/03), em Porto Alegre
27 de março de 2015
654
Compartilhe
Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

27/03/2015 – Brasil – O PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país, ficou estagnado em 2014, com ligeira expansão de 0,1%, para R$ 5,52 trilhões. Trata-se do mais fraco resultado desde a retração de 0,2%, registrada em 2009, em meio à crise global. O resultado é inferior ao de 2013, revisado para cima em 2,7% pelo IBGE –os dados apontavam para alta de 2,5% no período originalmente. As informações foram apresentadas na manhã desta sexta-feira pelo IBGE.

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas