Plano Diretor de São Paulo é apresentado ao Conselho da Cidade

Foto: José Cruz/ Agência Brasil
Abertura do Fórum Social Temático Energia, em Brasília
7 de agosto de 2014
Cristo Redentor ganha iluminação roxa pelos oito anos da Lei Maria da Penha
7 de agosto de 2014
413
Compartilhe
Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

07/08/2014- São Paulo- SP, Brasil- O Plano Diretor Estratégico (PDE) foi apresentado na manhã desta quinta-feira (7) ao Conselho da Cidade, durante a 6ª reunião ordinária do grupo junto ao prefeito Fernando Haddad. O encontro ocorreu na Praça das Artes, no centro da capital. Na ocasião, o prefeito destacou a universalidade e o ineditismo do projeto, montado não só pelo Executivo, mas construído de forma colaborativa com a sociedade civil e com o Legislativo, por meio da Câmara Municipal.

Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

07/08/2014- São Paulo- SP, Brasil- “Um plano tem que ser representativo do todo, apontando para um futuro mais solidário, mais generoso. E eu acho que esse plano tem essa conotação. Ele é representativo de um todo, mas, ao mesmo tempo, aponta para um futuro diferente do que nós vivemos até aqui. Um futuro que agrega mais, que é mais solidário, mais inclusivo. Você altera a visão do desenvolvimento urbano e promove transformações importantes”, disse.

Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

07/08/2014- São Paulo- SP, Brasil- Também presente, o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano Fernando de Mello Franco discorreu sobre as estratégias pactuadas durante todo o processo e destacou o fortalecimento dos instrumentos de participação social como um dos principais ganhos fomentados pelo projeto. “O plano foi feito a partir de um amplo e legítimo processo participativo, seja de forma presencial, seja através de plataformas digitais. Ele incorpora todo um sistema de planejamento que fortalece instâncias de participação popular. Isso é fundamental para que justamente a gente possa ter a aderência, a sensação de pertencimento de toda sociedade a este plano, que definirá os rumos futuro. Por isso, hoje a gente tem um pacto com a cidade, firmado por este processo participativo”, afirmou.

Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

07/08/2014- São Paulo- SP, Brasil- Vale lembrar que a participação popular nas decisões dos rumos da cidade é justamente uma das diretrizes do PDE, que culminam todas na humanização e no reequilíbrio da cidade. E para atingir esses objetivos, o plano pretende combater a terra ociosa, que não cumpre a função social; implantar a política habitacional para quem precisa; valorizar o meio ambiente; orientar o crescimento da cidade nas proximidades do transporte público; qualificar a vida urbana na escala de bairro; promover o desenvolvimento econômico na cidade e preservar o patrimônio e valorizar as iniciativas culturais. 

Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

07/08/2014- São Paulo- SP, Brasil- Também participaram da reunião o secretário municipal Paulo Frateschi, de Relações Institucionais, e o vereador Nabil Bonbuki, relator do Plano Diretor na Câmara Municipal. “Espero que com esse plano possamos reverter o processo de cidade insustentável, que vem sendo poluída por diversos pressupostos equivocados, o primado do automóvel, a insegurança social, a concentração das pessoas de baixa renda nas áreas mais periféricas da cidade e o progressivo esvaziamento do espaço público”, afirmou o relator.

Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

Foto: Fabio Arantes/ Secom/ PMSP

07/08/2014- São Paulo- SP, Brasil- O Conselho da Cidade é composto por cerca de 140 membros da sociedade civil, representantes dos movimentos sociais, entidades de classe, empresários, cientistas e pesquisadores, artistas e lideranças religiosas. Criado em março de 2013, o órgão realiza reuniões gerais, denominadas Pleno, em que são discutidos os assuntos mais importantes da cidade. O conselho é administrado por um Comitê Gestor, integrado por 15 conselheiros, que são eleitos para um mandato de 2 anos. Os integrantes do órgão organizaram-se também em dois grupos temáticos que se dedicam aos assuntos Mobilidade Urbana e Formação para a Cidadania: Direitos Humanos e Diversidade. Assuntos setorizados são ainda discutidos nos Diálogos com a Cidade, que são reuniões temáticas com os secretários municipais.