PM cumpre mandado de reintegração de posse em terreno em Ananindeua, no Pará

Foto: Gabriel Jabur/ Agência Brasília
Em Brasília, chácaras irregulares que afetam a Barragem do Descoberto serão retiradas
25 de janeiro de 2017
Foto: Rovena Rosa/ Agência Brasil
Manifestação da Central de Movimentos Populares (CMP) contra medidas adotadas pelo prefeito de São Paulo, João Doria
25 de janeiro de 2017
688
Compartilhe
Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

25/01/2017- Ananindeua- PA, Brasil- Por determinação da juíza Marinez Catarina, da 3ª vara Cível Empresarial da Comarca de Ananindeua, policiais militares cumpriram na manhã desta terça-feira (24) a reintegração de posse da Comunidade Ariri, localizada na passagem Ariri, bairro 40 horas, em Ananindeua. O terreno, que tem 24.373 metros quadrados, estava ocupado há dois anos. Nesta quarta feira, 25, o trabalho de reitengração continua no terreno e segue de forma ordeira e sem resistência por parte dos moradores. A previsão é de que a ação finalize ainda hoje.

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

25/01/2017- Ananindeua- PA, Brasil- Cerca de 350 pessoas moravam no local. “O processo iniciou em 2013. O terreno foi invadido anteriomente e já foi feita uma descupação. Os invasores retornaram em 2014 e em agosto de 2016 saiu um novo mandado judicial de reintegração de posse do imóvel”, informou o oficial de justiça Vitor Borges.

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

25/01/2017- Ananindeua- PA, Brasil- O aparato policial contou com a tropa do Comando de Missões Especiais, através do Regimento de Políca Montada, Batalhão de Polícia Tática, Batalhão de Choque e Companhia Independente de Operações Especiais. Cerca de 90 agentes de segurança fizeram parte da ação, que também contou com a participação do Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Centro de Perícias Científicas Renato Chaves.

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

25/01/2017- Ananindeua- PA, Brasil- “O planejamento iniciou há 15 dias. Na quinta-feira passada fizemos o reconhecimento da área e houve o primeiro contato com os moradores, informando que havia uma decisão em agosto do ano passado, deferindo pela reintegração da área. O oficial de Justiça esteve conosco, onde afirmou a determinação judicial. Neste encontro, solicitamos o apoio aos moradores para que retirassem os seus pertences de forma voluntária, para que a operação pudesse transcorrer da forma mais tranquila possível”, informou o tenente-coronel Mauro Matos, comandante da operação.

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará


Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará

Foto: Antonio Silva/ Agência Pará