Polícia do Pará prende 19 Guardas Municipais por envolvimento em homicídio durante operação Modelo

ENTREGA DE 1 MILHÃO E 100 MIL ASSINATURAS PEDINDO A PRESERVAÇÃO DA AMAZÔNIA CMA e FPAMB
21 de agosto de 2019
Reunião de centrais sindicais: ”análise de conjuntura” no auditório do DIEESE – 21.08.2019
21 de agosto de 2019
329
Compartilhe

A Polícia Civil prendeu 19 agentes da Guarda Municipal de Castanhal, nordeste paraense, em cumprimento a mandados judiciais de prisão, durante a operação denominada “Modelo”, deflagrada na madrugada desta terça-feira (20), em sete cidades paraenses. Todos são investigados por envolvimento em um homicídio ocorrido no ano passado, em Castanhal. Os presos foram conduzidos para a Delegacia-Geral, em Belém, onde foram apresentadas outras informações sobre a operação policial, no final da manhã, em entrevista coletiva à imprensa. Um guarda municipal de Castanhal está foragido. Entre os presos está o atual inspetor geral da GM de Castanhal.

Além dos mandados de prisão, foram cumpridos 35 mandados de busca e apreensão nas casas dos investigados. Nesses locais, foram apreendidas três armas de fogo (dois revólveres 38 e uma pistola calibre .40); centenas de munições, duas granadas e um computador portátil. Além de Castanhal, os mandados judiciais foram cumpridos em Belém, Ananindeua, São Francisco do Pará, Igarapé-Açu, São Domingos do Capim e São Miguel do Guamá. Ao todo, a ação policial mobilizou 140 policiais civis sob coordenação da Divisão de Homicídios (DH) e supervisão da Diretoria de Polícia Especializada (DPE), da Polícia Civil com atuação, ainda, de policiais civis vinculados à Diretoria de Polícia Metropolitana (DPM) e Diretoria Estadual de Combate à Corrupção (DECOR).

Ascom/Policia Civil

Ascom/Policia Civil

Ascom/Policia Civil

Ascom/Policia Civil

Ascom/Policia Civil

Ascom/Policia Civil

Ascom/Policia Civil

Ascom/Policia Civil