Ponte sobre o Rio Naitaca, na divisa de Porto Murtinho e Corumbá, destruídas pelo fogo no Pantanal

146

Mato Grosso MS 20 08 2020 As duas pontes de madeira que foram atingidas pelo fogo, na região do Pantanal, serão erguidas novamente, em caráter emergencial. A fase contratual, entre a empresa que fará o serviço e a Agência de Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), deve ser concluída já nas próximas duas semanas. A previsão de término da obra, para ambas, é de aproximadamente 120 dias, de acordo com a Agência. Serão investidos mais de R$ 2 milhões para a construção e restauração das estruturas.
Com 70 metros de extensão, a ponte construída sobre vazante, em Corumbá, na MS-228 (Estrada Parque) foi a primeira a virar cinzas, no dia 5 de agosto. A estrutura veio abaixo e um novo acesso terá que ser erguido por inteiro. Como se não bastasse, as queimadas destruíram também metade de outra ponte, situada sobre o Rio Naitaca, na divisa entre Porto Murtinho e Corumbá, próximo a MS-382. Dos 162 metros de comprimento, 80 metros viraram pó, no último sábado, dia 14. A distância entre as duas pontes é de 154 quilômetros em linha reta. Foto:Silvio Andrade

:Silvio Andrade

:Silvio Andrade

:Silvio Andrade