Portal Memória Carioca vai reunir o acervo afetivo da cidade

Foto: Marcos Oliveira /Agência Senado
CCJ analisa indicação de Luiz Edson Fachin para exercer o cargo de Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF)
12 de maio de 2015
Foto: José Cruz/ Agência Brasil
O presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, participa do lançamento da campanha nacional Justiça Restaurativa do Brasil
12 de maio de 2015
367
Compartilhe
Foto: PMRJ

Foto: PMRJ

Foto: PMRJ

Foto: PMRJ

12/05/2015- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- Depois do sucesso do Passaporte dos Museus Cariocas, a Prefeitura do Rio lança, por meio do Comitê Rio450, o portal Memória Carioca (www.memoriacariocario450.com.br) que vai reunir fotos, documentos, artefatos e depoimentos que ajudem a contar a história da cidade. Com a participação do carioca, a iniciativa pretende construir uma narrativa histórica sob o ponto de vista de seus habitantes e das famílias. Até agora já foram reunidas reproduções de materiais como um relógio que pertenceu à Princesa Isabel, cédulas de Cruzeiro antigas e objetos do IV Centenário. A coleta deste acervo afetivo foi uma iniciativa sugerida e escolhida pela população carioca numa consulta pública, que contou com 100 mil votos.

Foto: PMRJ

Foto: PMRJ

12/05/2015- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- O convite é para as pessoas abrirem suas gavetas e suas caixas de recordações familiares e compartilharem suas recordações virtualmente, contando um pouco sobre a história de cada objeto ou artefato. O Memória Carioca tem, em sua essência, a participação popular e a valorização da identidade carioca – explica o Secretário Municipal de Cultura, Marcelo Calero. Em outubro, será realizada uma exposição virtual deste acervo. A cópia virtual dos objetos, fotos e artefatos integrará o acervo da Secretaria Municipal de Cultura.