Portos do Paraná já registram mais de 15 mil animais no seu entorno

Pelé e Denílson no Museu Seleção Brasileira
9 de junho de 2017
Osmar Terra e o prefeito João Dória participam de coletiva de imprensa sobre repasse de verba do governo federal para a prefeitura de São Paulo
9 de junho de 2017
442
Compartilhe

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos. Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA

09/06/17 -Curitiba- PR, Brasil- Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Bioindicadores, desenvolvido pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), registrou mais de 15 mil indivíduos de aves, pertencentes a 100 diferentes espécies, e uma população fixa de mais de 350 indivíduos de botos-cinza, além de tartarugas, peixes e crustáceos.
Foto: Ivan Bueno/ APPA