Prefeito de Caracas Antonio Ledezma, um dos principais opositores ao chavismo, é preso na Venezuela

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Presidenta Dilma Rousseff durante cerimônia de entrega das Cartas Credenciais dos Embaixadores Estrangeiros
20 de fevereiro de 2015
Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil
Para Dilma, a Petrobras não pode ser tratada como se tivesse cometido irregularidades, que foram praticadas por funcionários
20 de fevereiro de 2015
545
Compartilhe
Foto: Wilson Dias/ (Arquivo) - Agência Brasil

Foto: Wilson Dias/ (Arquivo) – Agência Brasil

19/02/2015- Caracas , O prefeito de Caracas, Antonio Ledezma, foi detido nesta quinta-feira (19/2) no gabinete oficial, pelo Serviço Bolivariano de Inteligência, segundo porta-voz da prefeitura. Ele foi acusado de ajudar em uma tentativa de golpe militar para depor o presidente venezuelano Nicolás Maduro, informou a CNN. Por volta das 17h, o prefeito postou uma mensagem no Twitter: “Vários guardas do regime tentam invadir meu gabinete”