Prefeitura de São Paulo entrega novos ônibus e aumenta presença feminina no transporte

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Renan Calheiros conversa com Ronaldo Caiado
16 de dezembro de 2015
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Comissão de Orçamento mantém verba para o Bolsa Família
16 de dezembro de 2015
2486
Compartilhe
Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

16/12/2015 – São Paulo – Prefeitura de São Paulo apresentou, nesta quarta-feira (16), três novos ônibus articulados, equipados para trazer mais conforto aos usuários e preservar o meio ambiente. Um dos veículos é 100% elétrico, alimentado por bateria, e deve entrar em operação na cidade até o final de fevereiro de 2016. Durante a apresentação, o prefeito Fernando Haddad também assinou uma portaria que determina que 30% das vagas em empresas de ônibus da cidade sejam ocupadas por mulheres. “O ônibus elétrico que está sendo testado em São Paulo é como uma alternativa ao diesel, que não gera poluição sonora nem atmosférica. Com todas as mudanças climáticas que estão acontecendo, precisamos diminuir a poluição atmosférica. Temos prazo até 2018 para dar fim aos ônibus poluentes”, afirmou Haddad. Essa tecnologia está em teste na capital desde julho, quando começou a circular pelas ruas da zona leste um veículo 100% elétrico, com 12 metros de comprimento. O modelo apresentado nesta quarta tem 15 metros de extensão e carrega baterias armazenadas no assoalho, o que deixa o veículo mais confortável para os passageiros. Segundo Haddad, os primeiros ônibus elétricos em teste na cidade são importados, mas logo os veículos passarão a ser produzidos em larga escala em uma fábrica em Campinas (SP). O secretário Jilmar Tatto (Transportes) acrescentou que a produção deve começar no primeiro semestre de 2016.

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

SFoto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM

Foto Cesar Ogata / SECOM