Pro Paz realiza mais de 2 mil atendimentos para populações tradicionais do Pará

Campeonato Gáucho 2017: Cruzeiro x Internacional
10 de abril de 2017
Astronautas em missão na Estação Espacial Internacional retornam à Terra
10 de abril de 2017
331
Compartilhe

10/04/2017- Belém- PA, Brasil- Entre os dias 4 e 8 de abril, o Governo do Estado do Pará, por meio da Fundação Pro Paz, levou serviços de saúde e cidadania para comunidades indígenas e quilombolas em Cachoeira Porteira, no Baixo Amazonas. A ação foi realizada em parceria com os Ministérios Públicos Federal e do Estado, Defensoria Pública do Estado, Prefeitura de Oriximiná, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o cartório de Oriximiná. Foto: Rodolfo Oliveira/ Ag. Pará

10/04/2017- Belém- PA, Brasil- Entre os dias 4 e 8 de abril, o Governo do Estado do Pará, por meio da Fundação Pro Paz, levou serviços de saúde e cidadania para comunidades indígenas e quilombolas em Cachoeira Porteira, no Baixo Amazonas. A ação foi realizada em parceria com os Ministérios Públicos Federal e do Estado, Defensoria Pública do Estado, Prefeitura de Oriximiná, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o cartório de Oriximiná. Foto: Rodolfo Oliveira/ Ag. Pará

10/04/2017- Belém- PA, Brasil- Entre os dias 4 e 8 de abril, o Governo do Estado do Pará, por meio da Fundação Pro Paz, levou serviços de saúde e cidadania para comunidades indígenas e quilombolas em Cachoeira Porteira, no Baixo Amazonas. A ação foi realizada em parceria com os Ministérios Públicos Federal e do Estado, Defensoria Pública do Estado, Prefeitura de Oriximiná, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o cartório de Oriximiná. Foto: Rodolfo Oliveira/ Ag. Pará7
CACHOEIRA PORTEIRA – PARÁ

10/04/2017- Belém- PA, Brasil- Entre os dias 4 e 8 de abril, o Governo do Estado do Pará, por meio da Fundação Pro Paz, levou serviços de saúde e cidadania para comunidades indígenas e quilombolas em Cachoeira Porteira, no Baixo Amazonas. A ação foi realizada em parceria com os Ministérios Públicos Federal e do Estado, Defensoria Pública do Estado, Prefeitura de Oriximiná, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o cartório de Oriximiná. Foto: Rodolfo Oliveira/ Ag. Pará

10/04/2017- Belém- PA, Brasil- Entre os dias 4 e 8 de abril, o Governo do Estado do Pará, por meio da Fundação Pro Paz, levou serviços de saúde e cidadania para comunidades indígenas e quilombolas em Cachoeira Porteira, no Baixo Amazonas. A ação foi realizada em parceria com os Ministérios Públicos Federal e do Estado, Defensoria Pública do Estado, Prefeitura de Oriximiná, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o cartório de Oriximiná. Foto: Rodolfo Oliveira/ Ag. Pará

10/04/2017- Belém- PA, Brasil- Entre os dias 4 e 8 de abril, o Governo do Estado do Pará, por meio da Fundação Pro Paz, levou serviços de saúde e cidadania para comunidades indígenas e quilombolas em Cachoeira Porteira, no Baixo Amazonas. A ação foi realizada em parceria com os Ministérios Públicos Federal e do Estado, Defensoria Pública do Estado, Prefeitura de Oriximiná, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o cartório de Oriximiná. Foto: Rodolfo Oliveira/ Ag. Pará

10/04/2017- Belém- PA, Brasil- Entre os dias 4 e 8 de abril, o Governo do Estado do Pará, por meio da Fundação Pro Paz, levou serviços de saúde e cidadania para comunidades indígenas e quilombolas em Cachoeira Porteira, no Baixo Amazonas. A ação foi realizada em parceria com os Ministérios Públicos Federal e do Estado, Defensoria Pública do Estado, Prefeitura de Oriximiná, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o cartório de Oriximiná. Foto: Rodolfo Oliveira/ Ag. Pará

10/04/2017- Belém- PA, Brasil- Entre os dias 4 e 8 de abril, o Governo do Estado do Pará, por meio da Fundação Pro Paz, levou serviços de saúde e cidadania para comunidades indígenas e quilombolas em Cachoeira Porteira, no Baixo Amazonas. A ação foi realizada em parceria com os Ministérios Públicos Federal e do Estado, Defensoria Pública do Estado, Prefeitura de Oriximiná, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o cartório de Oriximiná. Foto: Rodolfo Oliveira/ Ag. Pará

10/04/2017- Belém- PA, Brasil- Entre os dias 4 e 8 de abril, o Governo do Estado do Pará, por meio da Fundação Pro Paz, levou serviços de saúde e cidadania para comunidades indígenas e quilombolas em Cachoeira Porteira, no Baixo Amazonas. A ação foi realizada em parceria com os Ministérios Públicos Federal e do Estado, Defensoria Pública do Estado, Prefeitura de Oriximiná, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o cartório de Oriximiná. Foto: Rodolfo Oliveira/ Ag. Pará

10/04/2017- Belém- PA, Brasil- Entre os dias 4 e 8 de abril, o Governo do Estado do Pará, por meio da Fundação Pro Paz, levou serviços de saúde e cidadania para comunidades indígenas e quilombolas em Cachoeira Porteira, no Baixo Amazonas. A ação foi realizada em parceria com os Ministérios Públicos Federal e do Estado, Defensoria Pública do Estado, Prefeitura de Oriximiná, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o cartório de Oriximiná. Foto: Rodolfo Oliveira/ Ag. Pará

10/04/2017- Belém- PA, Brasil- Entre os dias 4 e 8 de abril, o Governo do Estado do Pará, por meio da Fundação Pro Paz, levou serviços de saúde e cidadania para comunidades indígenas e quilombolas em Cachoeira Porteira, no Baixo Amazonas. A ação foi realizada em parceria com os Ministérios Públicos Federal e do Estado, Defensoria Pública do Estado, Prefeitura de Oriximiná, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o cartório de Oriximiná. Foto: Rodolfo Oliveira/ Ag. Pará