Procon Pará fiscaliza lotação de ônibus em Belém na avenida Almirante Barroso

Espanha – Sánchez preside reunião da Comissão de Acompanhamento do Coronavírus
22 de março de 2021
Governo realiza segundo dia de vacinação para agentes de segurança pública do Pará
22 de março de 2021
58
Compartilhe
Barreira de contenção foi feita para evitar acessos desnecessários à capital e orientar condutores e passageiros sobre a necessidade de ficarem em casa
A Diretoria de Proteção e Defesa do Consumidor, subordinada à Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), realizou na manhã desta segunda-feira (22) uma fiscalização para aferir a lotação dos ônibus que entram em Belém, via avenida Almirante Barroso, cumprindo as medidas de segurança sanitária, a fim de evitar a proliferação dos casos de covid-19.
Ônibus de diversas linhas, principalmente, os coletivos as que vêm de cidades da Região Metropolitana, como Ananindeua e Marituba, foram parados pelos fiscais do Procon Pará. Os motoristas foram alertados da importância de manter a lotação mínima de passageiros e os usuários de usarem os itens de proteção, como as máscaras, por exemplo.
Na barreira de contenção sanitária da avenida Almirante Barroso, somente hoje, foram aplicadas 20 multas para pessoas físicas que não justificaram à Polícia Militar a necessidade de deslocamento ou não apresentaram a documentação de serviço essencial, expedida pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE). Quem descumpre as medidas do decreto governamental está seujeito ao pagamento de multa no valor de R$ 150,00 – ou até o dobro, em caso de reincidência.